OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

pretensão

Fogo Cruzado

03/07/2018-22:27:48 Atualizado em 03/07/2018-23:47:28

O vereador de Nova Odessa Avelino Xavier Alves, o Poneis (PSDB), está empenhado em conseguir aprovar a regulamentação do trabalho de vigia ou vigilante autônomo. A assessoria da Câmara novaodessense ainda publicou um release informando que o parlamentar esteve no gabinete do presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris (PSDB) solicitando sua interferência para regulamentar a profissão. Todos parecem apenas ter esquecido que a reguilamentação de funções é obrigação exclusivas da Presidência da República?
BILL E CAUÊ
A iniciativa do vereador gerou desgaste. O líder do prefeito Bill, Angelo Roberto Réstio (MDB) usou a tribuna da Câmara para dizer que havia sido pego de surpresa com a proposta e alertou o colega sobre a iniciativa equivocada. Réstio garantiu que o prefeito não tem envolvimento no assunto, contrariando as afirmações de Poneis, que garante ter apresentado a proposta a pedido de Bill e Cauê.
ERROU AVELINO
Vagner Barilon, que é do mesmo partido de Poneis, foi taxativo ao dizer: "Eu apoio a profissão de vigia. Quero a regulamentação dessa profissão. Mas o vereador Avelino errou no caminho que ele tomou para tentar encontrar a solução".
FICA A DICA
Se em Nova Odessa tem vereador querendo regulamentar profissão, por esse Brasil afora tem vereador propondo leis, no mínimo, risíveis. Em Santa Maria, RS, um projeto chegou a cogitar a lei do silêncio para animais. "Fica proibido latir depois das 22h. O dono do cachorro que desrespeitar a lei será multado". Já em Catanduva, SP, um projeto proibiu a morte de pessoas na cidade. Outro vereador em Manaus chegou a sugerir que apenas médicos e profissionais da saúde poderiam usar uniformes brancos.
CHIP NÃO PODE
Mas não é só em Nova Odessa que estas pérolas acontecem. Em Santa Bárbara d'Oeste quem quiser implantar chips em humanos está proibido. Isso graças ao vereador Carlos Fontes (PSD). É dele a lei que proíbe que seres humanos sejam chipados. A lei 3.791, de 2015, prevê que o descumprimento acarretará na responsabilização administrativa, cível e penal ao criminoso. E a população gasta milhões de reais todo mês para sustentar essa turma.
SEMINÁRIO
O pré-candidato à Presidência da República pelo PRB, Flávio Rocha, estará em Campinas amanhã. Ele particpa do seminário "Prosperidade e Inclusão" promovido pelo Lide (Grupo de Líderes Empresariais de Campinas), às 9h, no Royal Palm Hall.
PARCERIAS
O prefeito de Sumaré, Luiz Dalben está empenhado em firmar parcerias para ampliar os serviços oferecidos. As faculdades parecem ser as principais apostas do chefe do Executivo, principalmente para ampliação dos serviços de saúde. É assim que ele pretende implantar centros especializados para o atendimento à mulher e às crianças, por exemplo. Boa iniciativa que, firmada com os cuidados que a legislação prevê, pode servir de exemplo para outras cidades da região.