OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Suspeito de atirar em Leal deve se apresentar

Cidades

ANDRÉ THIEFUL AMERICANA | 12/07/2018-21:54:51 Atualizado em 12/07/2018-21:45:13
Arquivo| Tododia Imagem
leal| Ex-vereador continua internado na UTI do Hospital Estadual

O homem que é o suspeito de ter atirado no ex-vereador Adelino Leal no dia 29 de junho deve se apresentar à Polícia Civil de Americana nos próximos dias.
De acordo com a advogada dele, Fernanda Escobar, a prisão temporária tinha sido decretada, mas foi revogada, mediante promessa de colaboração. "Ele vai se apresentar nos próximos dias e quer colaborar com a polícia", disse. A advogada, no entanto, não precisou a data.
O delegado Cláudio Eduardo Nogueira Navarro, da CPJ (Central de Polícia Judiciária), responsável pelo inquérito, disse que não recebeu oficialmente a decisão judicial da revogação da prisão temporária. Mas confirmou que a advogada avisou que o suspeito vai se apresentar. "Oficialmente ainda não recebemos a decisão. A investigação prossegue, o inquérito está andamento", disse.
O suspeito está foragido desde que o crime aconteceu. Os carros que ele utilizou na fuga, um Ford Courier e um Toyota Corola, foram localizados na mesma data do crime.
O ex-vereador foi baleado na garagem da casa dele no Jardim São Jerônimo, em Americana. Após disparar contra o ex-vereador, o atirador fugiu.
A vítima foi socorrida e levada para o Hospital Municipal Doutor Waldemar Tebaldi, onde permaneceu internado em estado grave até ser transferido para o Hospital Estadual de Sumaré, no dia 3 de julho.
A assessoria de imprensa do hospital foi questionada sobre o estado de saúde de Adelino Leal, mas até o fechamento dessa edição não respondeu.
O TodoDia, no entanto, apurou com familiares da vítima, que o ex-vereador continua internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Ele não está em coma induzido, mas está sedado e ainda depende de ventilação mecânica.