OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Convenção do MDB deve ser em 31 de julho

Eleições

06/07/2018-22:00:42 Atualizado em 06/07/2018-21:55:10
Walter Campanatto | Agência Brasil
CANDIDATURA | Meirelles é apontado como o nome do MDB

O presidente do MDB, senador Romero Jucá (RR), vai propor que o partido realize sua convenção nacional em 31 de julho, em Brasília, para referendar ou não a candidatura de Henrique Meirelles ao Planalto.
Com a data aprovada, Meirelles terá que trabalhar para conseguir a maioria dos 629 votos na convenção do MDB até o fim do mês - o ex-chefe da equipe econômica tem dificuldade de vencer resistências internas no partido, principalmente de lideranças do Nordeste, que temem os efeitos negativos do governo impopular de Temer no processo eleitoral da região.
Na avaliação de Jucá, porém, o esforço de Meirelles em percorrer os diretórios estaduais do MDB nas últimas semanas deve fazer com que as vozes dissonantes sejam minoritárias -os senadores Roberto Requião (PR), Renan Calheiros (AL) e Eunício Oliveira (CE) são os principais opositores.
A partir daí, pondera o presidente da sigla, o segundo teste do candidato será o de "agregar coligações", o que parece ser um desafio hercúleo, diante da radioatividade que atingiu o MDB com as denúncias de corrupção e a má avaliação do governo -82% da população reprova Temer, segundo o Datafolha.
Jucá disse à reportagem que já conversou com diversos partidos, mas que não houve avanços porque todos os candidatos do chamado bloco governista têm "o direito" de tentar crescer nas pesquisas até o fim de julho. Daí em diante, diz o senador, os arranjos serão feitos mais rapidamente.
| FOLHAPRESS