OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Bélgica entra na rota do Brasil

Esportes

folhapress rússia | 28/06/2018-21:17:28 Atualizado em 28/06/2018-21:15:55
Reprodução | Facebook | Belgian Red Devils
DESAFIO | Argentina, França e Uruguai são possíveis adversários

A seleção da Bélgica bem que tentou evitar o resultado, mas o talento daquela que é considerada a melhor geração do futebol de seu país acabou prevalecendo e colocou o time na chave mais recheada de campeões mundiais da Copa do Mundo.
Ao vencer a Inglaterra por 1 a 0, gol do atacante reserva Januzaj, os belgas pegarão o Japão nas oitavas de final. A partir daí, é a proverbial pedreira.
Nas quartas, na hipótese de o Brasil superar o México, estará o pentacampeão time de Tite. Na semifinal, Argentina (dois títulos), França (uma Copa) ou Uruguai (dois distantes títulos), além de Portugal de Cristiano Ronaldo.
A vida da Inglaterra é, pelo critério da tradição dos adversários, bem mais simples. No seu horizonte, a única campeã é a Espanha, a quem pegará na semifinal se ambos os times avançarem em sua chave.
O JOGO
Na véspera do jogo, tanto o técnico inglês, Gareth Southgate, quando o da Bélgica, Roberto Martínez, faziam juras ao clichê de que não se pode escolher adversário.
Mas a realidade estava dada na escalação. Nada menos que nove belgas e oito ingleses que começaram o jogo eram reservas.
As estrelas dos times foram todas poupadas - algumas até com motivo, como o astro belga De Bruyne, pendurado com um amarelo, e o vice-artilheiro da Copa, Romelu Lukaku, voltando de lesão.
Harry Kane, o artilheiro da Copa com cinco gols e estrela do time inglês, não entrou em campo nem no segundo tempo.
Muito vaiados do meio para o fim da primeira etapa, a exemplo do que ocorrera na terça no empate entre França e Dinamarca, os times voltaram ao segundo tempo com ânimo renovado.
A Bélgica tocava bolas com mais objetividade e, logo aos 6 minutos, Januzaj acertou um belo chute no canto esquerdo de Pickford.
A partida teve 33.973 espectadores, e um número visivelmente maior de fãs ingleses presentes do que nos outros dois jogos que o time disputou no grupo.