OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Torcida, invasão e até ovada marcam 1º treino

Esportes

folhapress rússia | 12/06/2018-22:59:27 Atualizado em 12/06/2018-23:05:01
Lucas Figueiredo | CBF
NEYMAR | Aproximação dos fãs gerou princípio de tumulto

A seleção brasileira realizou seu primeiro treino em solo russo ontem, em Sochi. Com portões abertos ao público por determinação da Fifa, a atividade contou com a presença de cerca de quatro mil torcedores.
Enquanto os auxiliares de Tite comandavam o treino, torcedores gritaram o nome de Neymar. Uma pessoa invadiu o gramado, mas foi retirada pelos seguranças.
Os atletas ficaram cerca de uma hora e meia no campo, em atividades físicas e finalizações. Os goleiros também participaram, orientados pelo tetracampeão do mundo Taffarel.
No final do treino, os jogadores do Brasil também deram a tradicional ovada e jogaram farinha em Philippe Coutinho, que completa 26 anos nesta terça, e Fágner, que viveu seu 29º aniversário na segunda-feira. Neymar também entrou na brincadeira e foi perseguido pelos companheiros.
Depois, os jogadores cumprimentaram os torcedores presentes no complexo esportivo, que pertence à prefeitura de Sochi e fica ao lado do Swissôtel, onde está hospedada a delegação da seleção brasileira.
Neymar arriscou se aproximar dos fãs, mas gerou um princípio de tumulto. Mesmo assim, conseguiu dar autógrafo ao menos para uma jornalista russa, que estava na área reservada à imprensa e gritou o nome do jogador até que ele viesse atendê-la.
A seleção brasileira chegou em Sochi na madrugada desta segunda, quando foi liberada pela comissão técnica para um dia de folga. O elenco permanece na cidade até dia 15, quando viaja a Rostov-on-Don para estrear na Copa do Mundo.
O primeiro jogo do time de Tite acontece no domingo, contra a Suíça.