OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Prefeitura de Sumaré confirma 2ª morte por H1N1

Cidades

FRANCISCO LIMA NETO SUMARÉ | 15/06/2018-22:45:31 Atualizado em 15/06/2018-22:36:43
Divulgação
IMUNIZAÇÃO | Vacinação

A Prefeitura de Sumaré confirmou ontem a segunda morte por H1N1 registrada na cidade este ano. A confirmação acontece poucos dias depois do Ministério da Saúde prorrogar mais uma vez a campanha nacional de vacinação por conta da baixa procura pela vacina.
A vítima da doença em Sumaré foi um homem de 31 anos que teria contraído a doença em outro Estado e morreu no dia 5 de maio. "Apesar disso, a Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância da vacinação, que tem tido baixa adesão em nível nacional e foi prorrogada até a próxima sexta-feira, dia 22, aos grupos prioritários", ressaltou a prefeitura em nota.
"Seguindo o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde, assim que o paciente foi diagnosticado com quadro clínico compatível com a doença, a Vigilância Epidemiológica de Sumaré realizou uma investigação com as pessoas próximas a ele - como familiares e outras pessoas do seu convívio -, mas nenhuma delas apresentou sintomas. Até o momento, Sumaré tem 5 casos confirmados de H1N1, incluindo os dois óbitos", informou.
O outro óbito foi de uma criança de 4 anos. O menino era morador da região de Nova Veneza e faleceu em 27 de abril, devido a complicações respiratórias.
META NÃO ATINGIDA
A cidade não atingiu a meta de vacinação do público alvo da campanha. Foram vacinadas 6.665 crianças de seis meses a menores de 5 anos, o que corresponde a apenas 41,2%. Entre as gestantes, 34,7% tomou a vacina, o que representa 1.007 mulheres.
"Reforçamos que não há motivos para pânico, mas também é importante que as pessoas que integram os grupos de risco procurem uma unidade de saúde para receber a vacina", disse o secretário municipal de Saúde, Rubens Gatti.

Leia Mais