OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Mulher é morta com 3 tiros; suspeita é de feminicídio

Cidades

FRANCISCO LIMA NETO HORTOLÂNDIA | 11/06/2018-21:57:45 Atualizado em 11/06/2018-21:52:55
Kamilly Dayanne Ferreira
LOCAL DO CRIME | Perícia esteve no local para início de apuração

Uma mulher de 30 anos foi morta com três tiros, no começo da manhã de ontem, em Hortolândia, quando saía para o trabalho. Ela morreu em frente ao condomínio onde morava. De acordo com a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo), seu ex-companheiro, relacionado como testemunha, disse que ela vinha sendo importunada por um homem que tinha obsessão por ela. O caso foi registrado como homicídio qualificado e feminicídio.
A mulher assassinada era a atendente de telemarketing, Jennifer dos Santos Leite, 30. Ela seguia para o trabalho, por volta das 6h30, quando foi assassinada na Rua Três, no Jardim Nova Hortolândia. O crime aconteceu na frente do condomínio onde a vítima morava.
De acordo com a SSP, no BO (Boletim de Ocorrência), consta que Jennifer seguia para o trabalho "quando um homem alto e magro passou a pé, próximo a ela, e efetuou três disparos com arma de fogo. Atingindo a vítima no braço esquerdo, no peito e nas costas".
Ainda segundo o registro, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, mas ao chegar ao local constatou a morte dela. "Uma testemunha, seu ex-companheiro, relatou à polícia que ela estava sendo importunada por um indivíduo que apresentava certa obsessão por ela e comentava com outras pessoas seu desejo de ter um relacionamento com a vítima de qualquer maneira", informou a secretaria.
A SSP informou que foi requisitado exame residuográfico para o ex-companheiro da vítima, para verificar se há vestígios de pólvora. A polícia ainda não identificou o criminoso. .
Um inquérito foi instaurado para investigar os fatos. Ninguém foi preso.
Segundo dados da SSP, neste ano, até o mês de abril, foram registrados 10 homicídios dolosos e nove tentativas de homicídio em Hortolândia.