OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Com safra enxuta de espetáculos, Tony anuncia seus concorrentes

Cultura e Entretenimento

02/05/2018-22:46:13 Atualizado em 02/05/2018-22:42:11

Como de costume, nos prêmios anuais que a produção cultural americana dedica a si mesma, houve no anúncio dos concorrentes ao Tony, feito na terça, 1º, um excesso de indicações para uma temporada de quantidade, na verdade, decrescente. Quase ninguém ficou de fora deste Tony, nem mesmo "Frozen", a cambaleante adaptação da Disney, que acaba de reduzir o preço dos ingressos.
Na temporada 2017-2018, foram só 30 os espetáculos que podiam receber indicação, o menor número em mais de uma década, segundo o crítico Mark Shenton.
E, se a Disney, pioneira nos musicais das grandes corporações de entretenimento, não passou de três indicações com "Frozen", outros dois espetáculos derivados do cinema e da TV saem como os favoritos para a categoria: "Mean Girls", adaptado do filme "Meninas Malvadas" (2003), e "SpongeBob SquarePants", que receberam 12 indicações cada.
Mais significativamente, "Angels in America", remontagem da peça de Tony Kushner que fez história nos anos 1990, alcançou 11 indicações - o recorde para produções não musicais. Diferentemente das encenações originais, segundo Frank Rich, colunista da revista New York, esta montagem se concentra não no jovem Prior Walter, seu fictício protagonista, mas no advogado Roy Cohn, homossexual ultraconservador, mentor de Donald Trump, quando este dava os primeiros passos no submundo político-financeiro de Nova York. A atuação de Nathan Lane reforça esse vínculo.
'ORIGINAL'
Como peça nova, "original", o mais provável é que o vencedor seja "Harry Potter and the Cursed Child", com dez indicações.
Numa quarta categoria importante, a de melhor "revival" de musical, os favoritos são dois clássicos, "Carousel" (1945), de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II, e "My Fair Lady" (1956), de Frederick Loewe e Alan Jay Lerner, com 11 e 10 indicações, respectivamente.
Além dos concorrentes, O Tony vai homenagear o cantor Bruce Springsteen, até o compositor Andrew Lloyd Webber e a atriz Chita Rivera, passando pelo LaMama, teatro off- off-Broadway. | FOLHAPRESS