OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Vacinação contra a gripe começa nas unidades de saúde de Hortolândia

Cidades

ELIAS AREDES HORTOLÂNDIA | 02/05/2018-23:10:54 Atualizado em 02/05/2018-23:07:06

A Prefeitura de Hortolandia iniciou nesta quarta, 2, a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, vírus causador da gripe, para crianças com idade entre seis meses e cinco anos, gestantes e mães de recém-nascidos, que integram os grupos de risco. Desde a semana passada, todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e USF (Unidades de saúde da Família) oferecem a vacina gratuitamente, das 8h às 15h. É preciso levar carteira de vacinação à unidade de saúde para que a dose seja anotada corretamente. A meta é vacinar, pelo menos, 90% do público alvo até o término da campanha no dia 1 de junho.
De acordo com informações do Ministério da Saúde, a ampliação da vacinação deste grupo prioritário é uma das medidas mais eficientes para reduzir a circulação da gripe na comunidade em geral. "As crianças com idade entre 1 e 5 anos são as principais fontes de transmissão dos vírus na família e na comunidade, sendo que podem eliminar os vírus por até três semanas", diz o informe. No caso dos bebês com menos de 6 meses, a proteção é por meio da vacinação da gestante e da mãe.
A transmissão da gripe ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar, ou pelas mãos, que após contato com superfícies contaminadas pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz. O contágio é elevado principalmente em ambientes fechados, como dentro de casa, nas creches, escolas, igrejas e escritórios. "A Secretaria de Saúde recomenda à população dos grupos de risco que busque as unidades de saúde para se proteger. Além disso, pessoas de todas as idades devem manter hábitos simples, mas que ajudam a evitar o contágio pelo vírus Influenza: lavar as mãos, cobrir o nariz e boca ao tossir e espirrar, e manter ambientes arejados", orienta a secretária, Odete Carmem Gialdi.
No caso de sintomas gripais, a pessoa deve ser encaminhada à unidade de saúde para avaliação médica.