OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Sombra e água fresca

Nova Odessa

23/05/2018-23:31:14 Atualizado em 23/05/2018-23:12:52
Divulgação
ARBORIZAÇÃO URBANA| Gestão de resíduos e saneamento básico são ações que garantem preservação ambiental na cidade

Nova Odessa é a cidade da microrregião com melhor classificação em reflorestamento. O resultado foi apontado em um estudo feito pela Irrigart Engenharia e Consultoria em Recursos Hídricos e Meio Ambiente, empresa privada de pesquisa ambiental contratada pela Agência das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ). A pesquisa contou com um levantamento detalhado das características de solo, vegetação e recursos hídricos da região.
Devido à ampliação da cobertura arbórea nos últimos anos, Nova Odessa é hoje uma cidade com menores índices de poluição. Além disso, estas árvores contribuem para aumento de recarga do lençol freático e reduzem o risco de enchentes e inundações.
A conscientização ambiental e a importância da participação da sociedade são discutidas desde cedo na cidade. Uma parceria entre empresas da cidade e a prefeitura deu origem ao Grupo dos Amigos das Árvores, que tem como meta o plantio de 30 mil mudas de plantas nativas e frutíferas na cidade.
A ação faz parte de um amplo projeto de Educação Ambiental, que leva aos alunos da rede pública conhecimento sobre os recursos naturais e a importância da sua preservação.
Nova Odessa também fez a sua parte na questão do tratamento de esgoto. A cidade é uma das únicas da RMC a tratar todo o esgoto coletado e conta com uma estação de tratamento com capacidade de tratamento de população superior a existente hoje. Com isso, a água é devolvida ao Ribeirão Quilombo limpa, uma importante contribuição para a recuperação do manancial.
A Coden (Companhia de Desenvolvimento) também já desenvolve um projeto de reaproveitamento industrial da água tratada na ETE (Estação de Tratamento de Esgoto). A medida permitirá que empresas têxteis utilizem a água em sua linha de produção, fechando o ciclo sustentável da água no município.
LIXO NO LIXO
O descarte dos resíduos também recebeu atenção especial. Os antigos "lixões" deram lugar a um projeto moderno e simples de gestão de resíduos sólidos. No Ecoponto é possível descartar materiais recicláveis limpos como papel, papelão, plástico, vidro, metal e isopor; resíduos da construção civil; madeira e móveis usados; restos de poda; óleo de cozinha; roupas usadas; aparelhos eletrônicos e pneus.
Modelo na região, o espaço conta com caçambas e bags que evitam que os resíduos sejam depositados no chão e está em área cercada por alambrados e com controle de entrada e saída dos materiais.
A cidade possui ainda três LEVs (Locais de Entrega Voluntária) e um PEV (Ponto de Entrega Voluntária) para o descarte exclusivo de materiais recicláveis. Os espaços funcionam 24h e estão instalados no Parque Ecológico Izidoro Bordon, no Bosque Manoel Jorge, na Rua Manaus, no Jardim São Jorge e na Praça Central José Gazzetta.
Nova Odessa também foi pioneira na região a realizar o mutirão de coleta de eletrônicos, que evitou o descarte irregular de televisores, computadores e eletrodomésticos.
Além de manter a cidade mais limpa e organizada, estes locais ajudam na geração de renda, já que são encaminhados à cooperativa de reciclagem Coopersonhos, que conta com cooperados que sobrevivem da venda dos recicláveis.