OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Adolescente rouba posto de combustível, e em "confronto" com guarda municipal morre baleado

Polícia

16/04/2018-17:51:05 Atualizado em 16/04/2018-17:51:45
Foto/Divulgação
Arma e dinheiro apreendido do crime.

Um adolescente de 17 anos foi morto com três tiros seu comparsa, de 16, foi apreendido, sem ferimentos, por guardas municipais, na madrugada desta segunda-feira, 16, no bairro Parque das Nações, em Americana. A dupla de infratores havia acabado de roubar R$ 1.148 de um posto de combustíveis no Centro. O rapaz morreu segurando na mão esquerda o dinheiro roubado. Os tiros ocorreram depois de uma perseguição, uma vez que os adolescentes estavam a bordo de um Gol branco que tinha sido furtado no domingo, 15. A Polícia vai investigar se essa dupla é a mesma que, na sexta-feira, 13, roubou dinheiro de um posto de combustíveis e deixou um frentista ferido a tiro e coronhada em Santa Bárbara D'Oeste.
O posto assaltado por dois homens fica na Rua Gonçalves Dias. Por volta de 21h30, os frentistas que trabalhavam no local foram abordados por um assaltante que desembarcou de um Gol branco, armado com um revólver. Eles foram obrigados a entregar dinheiro diante de ameaças de morte. O segundo participante ficou na direção do carro que saiu em alta velocidade.
No começo da madrugada, dois guardas que estavam em uma viatura avistaram o Gol branco, placa CIB-8308, com os faróis apagados e em alta velocidade saindo da Rua malásia e ingressando na Avenida Estados Unidos, na região do Parque das Nações. Começou uma perseguição que só terminou quando o Gol bateu em uma árvore em frente da casa número 75 da Rua Aurélio Cibim.De acordo com a versão oficial da Guarda Municipal, a viatura parou á pelo menos cinco metros do carro "do qual desembarcaram dois indivíduos, um dos quais com uma arma nas mãos". Os guardas gritaram para que o homem "soltasse a arma e se entregasse, sendo que tal indivíduo, veio a apontar aquele revólver na direção da guarnição".
Um dos guardas atirou na direção do homem que deixou a arma cair no solo. Diz ainda a versão oficial: “nesse momento, ao invés de se entregar, tal indivíduo foi tentar se apoderar novamente daquele armamento". Nesse momento, um dos guardas "acabou efetuando outros dois disparos na direção do mesmo, o qual veio cair prostrado no solo".
Segundo o relato dos guardas, "o outro meliante, ao ouvir os disparos, deitou-se no chão e gritou que estava se entregando". Ele tem 16 anos, e mora no Parque das Nações. Era quem dirigia o veículo furtado. Esse rapaz foi encaminhado para a Vara da Infância e Juventude.
O adolescente que morreu foi identificado como Pedro Gabriel Bedil dos Anjos Pereira, que havia nascido em Americana no dia 17 de outubro de 2000, e morava no bairro Bela Vista. Segundo os guardas ele foi socorrido ao Hospital Municipal "Dr. Waldemar Tebaldi", porém, não resistiu aos ferimentos. Conforme a informação oficial, "no momento do socorro, percebeu-se que tal indivíduo trazia a quantia de R$ 1.148,00 numa das mãos e não soltara tal valor, mesmo alvejado". A arma que o adolescente usava é um revólver de calibre 38 que foi furtado em Americana no dia 31 de dezembro de 2017. Na interpretação do delegado de Polícia Civil, Robson Gonçalves de oliveira, os dois adolescentes praticaram roubo a estabelecimento comercial com "violência ou ameaça exercida com emprego de arma", que houve "concurso de duas pessoas", que "houve subtração de coisa alheia, mediante grave ameaça ou violência". Também entendeu o delegado, que os adolescentes cometeram desobediência e resistência. A ação dos guardas foi classificada, em registro oficial, como homicídio qualificado com "estrito cumprimento do dever legal", "legitima defesa".

Comentários