OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Vigilante é morto em assalto no centro

Polícia

DA REDAÇÃO HORTOLÂNDIA | 15/04/2018-18:15:19 Atualizado em 15/04/2018-18:12:14
Divulgação | Guarda Municipal de Hortolândia
VIOLÊNCIA | Assaltantes disparam e matam vigilante desempregado no centro de Hortolândia

Um vigilante de 47 anos morreu assassinado com dois tiros no centro de Hortolândia, na noite de sábado, 14, após reagir a uma tentativa de roubo próximo ao shopping center. Dois homens foram presos pelo assassinato e um terceiro está foragido, informou a Guarda Municipal, que atendeu ao caso e fez a prisão em flagrante. O crime aconteceu por volta de 21h30.
Segundo a Guarda, a vítima, que estava desempregada, estacionou o carro nas proximidades do shopping, quando foi abordado por três homens, pelo menos um deles armado. Pelo que foi apurado, os três assaltantes foram deixados no local por um quarto homem de carro; os policiais, no entanto, não sabem se este quarto está envolvido no crime.
Para a Polícia Civil, o objetivo do trio era roubar carros. O vigilante foi a primeira vítima a ser abordada, segundo os patrulheis da Guarda que passavam pelo local. Familiares declararam na polícia que o vigilante era treinado a não reagir a assalto em uma situação de surpresa. Eles acreditam que por ser deficiente auditivo, a vítima tenha se assustado ou não compreendido. Ao pedir calma, um dos assaltantes disparou a arma duas vezes.
Socorrido pelos patrulheis da Guarda Municipal, a vítima chegou consciente no Hospital Mário Covas, em Sumaré, mas morreu enquanto ainda passava por procedimento cirúrgico.
REVÓLVER
Dois dos assaltantes foram presos pelos patrulheiros, um deles em uma lanchonete, armado com revólver de calibre 38, com tambor munido, mas com duas balas disparadas, que seriam as que atingiram a vítima. Até este domingo, o terceiro assaltante não havia sido localizado; segundo a polícia, ele é irmão do que foi preso com a arma. As identidades dos envolvidos ainda não foram informadas.
LATROCÍNIO
Os dois presos foram autuados em flagrante por latrocínio.