OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

Sumaré imuniza 4,7 mil na primeira semana

Cidades

ELIAS AREDES SUMARÉ | 28/04/2018-18:18:48 Atualizado em 28/04/2018-18:14:52
Divulgação
A META | Sumaré pretende vacinar 54 mil pessoas na campanha

Dados divulgados pela Secretária de Saúde de Sumaré apontam que, até a sexta-feira 27, na primeira semana da Campanha de Vacinação contra a Gripe, foram imunizadas 4,7 mil pessoas, sendo que desse total 4.202 são idosos com 60 anos ou mais e 531 trabalhadores do setor da saúde.
A vacina protege contra os três subtipos do vírus com maior incidência: H1N1, H3N2 e Influenza B. A partir do dia 2 de maio será a vez de imunizar crianças entre seis meses e menores de 5 anos de idade, gestantes e puérperas (mulheres cujo parto ocorreu há até 45 dias) também poderão receber as doses. Já a partir do dia 9 de maio, serão incluídas pessoas com doenças crônicas, professores e os privados de liberdade.
A campanha é realizada em 22 unidades de saúde e segue até o dia 1° de junho - cada unidade possui seu próprio cronograma de dias da semana e horários. No dia 12 de maio, a Secretaria de Saúde realiza o "Dia D" de vacinação. Nesta data, um sábado, serão abertos 23 postos de vacinação em todas as regiões da cidade. A meta é atender aos moradores pertencentes aos grupos prioritários.
A meta de Sumaré é vacinar 54.000 pessoas, o que corresponde a 90% do público alvo, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde. Para receber a dose, basta apresentar a Carteira de Vacinação ou documento de identificação. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.
CUIDADOS
A Campanha de Vacinação Nacional Contra a Gripe acontece antes da chegada do inverno, período em que a transmissão dos vírus Influenza é maior. Segundo técnicos do Minisério da Saúde, a transmissão do vírus ocorre por intermédio do contato com secreções das vias respiratórias eliminadas por pessoas contaminadas ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). O Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal.
Os sintomas da gripe são: febre, tosse, dor na garganta, dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.