OK

Copyright TodoDia Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito do TodoDia Online.

Close

POSTAGEM FATAL

Cidades

11/04/2018-23:33:43 Atualizado em 11/04/2018-23:30:51

O prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini (PDT), exonerou nesta quarta-feira o seu diretor de Esportes Walter José da Silva, o Tato. Tato disse que o motivo da exoneração foi um post que publicou no Facebook, irozando petistas e apoiadores de Lula, que criticam o juiz Sérgio Moro, por ser, supostamente, seletivo em suas condenações e ordens de prisão.
LISTINHA
Par amostrar que Moro é "imparcial", o ex-diretor publicou no Face uma lista de outros condenados de Moro que não pertencem às hostes petistas ou de esquerda. Mas a brincadeira não agradou ao prefeito, que foi do PT. O secretário de governo de Perugini, Carlos Augusto César, confirmou pelo WhatsApp que o motivo foi mesmo a postagem: "A partir de segunda feira ele está exonerado mesmo", afirmou o secretário em
áudio enviado para Tato.
TUCANOS
Não ficou nisso. Na edição do Diário Oficial de terça-feira, dia 10 de abril, o prefeito publicou 15 exonerações de assessores e chefes de setor de diversas secretárias, além de Ananias José Barbosa, que ocupava a secretaria municipal de Inclusão e Desenvolvimento Social. Uma das hipóteses levantadas é que todos os exonerados eram indicações do PSDB, que ultimamente prestava apoio político ao prefeito.
CAUÊ SE LANÇA
O deputado Cauê Macris (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, acaba de se lançar para disputar uma vaga ao Senado pela legenda em São Paulo. Em vídeo de circulação interna e divulgado para a militância do partido, ele diz que, diante da decisão do também tucano Aloysio Nunes de permanecer no Ministério de Relações Exteriores após o prazo de desencompatibilização, coloca o nome à disposição do partido para disputar o Senado.
"PERTO DO POVO"
No vídeo, Cauê diz que defende a "renovação na política", mas aponta: isso "não tem relação nenhuma com a idade, e sim com uma nova maneira de encarar as mudanças sociais, estando mais perto do povo e dos seus anseios."
PLANTÕES FANTASMAS
A respeito das declarações do médico Luciano Braga, que depôs à CEI da Saúde na terça-feira, o Poder Executivo encaminhou a seguinte resposta por meio da Unidade de Imprensa: "A Prefeitura só vai comentar as questões abordadas na CEI depois de concluída". Ao contrário do que foi publicado, a resposta chegou a tempo de ser publicada. Houve problema, contudo, ao salvar a versão final do texto com essa informação na rede. O médico afirmou que havia plantões fantasmas no Hospital Municipal e que esses seriam organizados pela Associação Plural, alvo de investigação dos vereadores.