OK
Close

CVV Americanacomemora 34 anos

A sua opinião

Celso Luís Gagliardo | Profissional de RH - 09/04/2018-22:12:35 Atualizado em 09/04/2018-22:18:54

O CVV, trabalho de apoio emocional tendo como objetivo a prevenção do suicídio, existe uma sede em Americana desde a década de 80, e comemora em abril 34 anos. A Instituição nasceu em São Paulo há 56 anos por inspiração do movimento Samaritans, da Inglaterra, e atua com voluntários treinados para um trabalho gratuito e sigiloso de atendimento pessoal ou telefônico a pessoas com necessidades de desabafar, e que buscam apoio emocional.
Em setembro de 2015 foi criado junto ao Ministério da Saúde e Anatel o sistema nacional de atendimento pelo telefone nº 188, ligação gratuita 24h por dia de orelhão, celular ou telefone fixo. A ligação é direcionada para a unidade do CVV que estiver disponível.
Todos os atendentes são treinados para acolher e respeitar irrestritamente, sem fazer julgamentos. O atendimento é centrado na pessoa e a metodologia - seguindo a linha do psicólogo humanista norte-americano, Carl Rogers, - favorece para que ela própria encontre saídas, respostas, redirecionamentos.
A instituição tem personalidade jurídica, é de utilidade pública federal e vive de doações e campanhas. Em todo o Brasil são cerca de 86 postos ativos e 2.200 voluntários.
Quem conhece o trabalho reconhece o seu valor, considerado verdadeiro pronto socorro emocional, um serviço genuíno. Em dezembro último a instituição atingiu o marco de 2 milhões de atendimentos ano.
Entre os preceitos que norteiam o CVV um deles é de que "se apenas uma vida for salva todo o trabalho do CVV já terá valido a pena". Em Americana a sede do CVV fica na rua Carioba, 536, bairro Cordenonsi, perto do viaduto Centenário.