OK
Close

T-Cross ganha versão brasileira

Veículos

JORGE AUGUSTO AMERICANA | 06/04/2018-22:30:43 Atualizado em 06/04/2018-22:27:16

A Volkswagen do Brasil anunciou o investimento de R$ 2 bilhões para o desenvolvimento e a produção do SUV T-Cross em sua fábrica de São José dos Pinhais (PR). O modelo é o primeiro SUV produzido pela Volkswagen no Brasil.
O montante contempla a ampliação da fábrica, modernização da manufatura, testes de certificação e validação do produto, desenvolvimento local de peças e qualificação de pessoal, além de ações para o lançamento do modelo no Brasil. O valor faz parte do plano de investimentos da empresa no Brasil, que prevê R$ 7 bilhões até 2020.
A produção do T-Cross e a chegada ao mercado brasileiro e exportações aos principais mercados da América do Sul, Central e Caribe estão programadas para o primeiro semestre do ano que vem.
2020
Dos 20 lançamentos até 2020, três já foram realizados: o Novo Polo e o Virtus, produzidos na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), e a Amarok V6, da Argentina. A empresa também acabou de anunciar para este mês de abril a chegada do Novo Tiguan, importado do México, que será o primeiro dos 5 SUVs, e um dos 20 modelos programados até 2020.
O T-Cross deve manter um visual próximo ao do conceito T-Cross Breeze, o carro conceito da imagem nesta página, apresentado há dois anos.
Para o conjunto mecânico, o modelo deve compartilhar o mesmo que está no Polo Highline, com motor 1.0 TSI e câmbio automático de seis marchas. Mas também existe a possibilidade de vir equipado com motor 1.6 aspirado nas versões básicas, ou até mesmo 1.4 TSI nas versões topo de linha.
O modelo será a opção da Volkswagen para competir com Honda HR-V, Hyundai Creta, Jeep Renegade, e os demais concorrentes da categoria de SUVs compactos.
Por conta da data divulgada, é bem provável que o modelo seja uma das estrelas da marca do Salão do Automóvel de São Paulo, que ocorre no fim do ano.