OK
Close

Educação agiliza poda em escolas

Cidades

CRISTIAN EDUARDO BARBOSA AMERICANA | 07/03/2018-22:26:11 Atualizado em 07/03/2018-22:22:58
Cristian Eduardo Barbosa | TODODIA Imagem
MATAGAL | Emei Sabiá, com brinquedos encobertos pela grama alta, espera por roçagem

Exatamente um mês após o início do ano letivo na rede municipal e depois de muitas reclamações de pais e críticas de vereadores, a Secretaria de Educação de Americana anunciou na segunda, 5, um reforço nos serviços de poda e capinação das unidades escolares. Mais uma equipe será disponibilizada para a tarefa. Prometeu ainda concluir toda a primeira poda do ano nesta semana, antecipando o prazo anterior, que marcava para a sexta, 9, a poda em escolas ainda não atendidas.
MATAGAL
Desde o início das aulas, o TODODIA tem mostrado escolas da rede municipal com mato alto na área externa. Em alguns casos, a vegetação era tão alta que chegava a encobrir brinquedos do parque infantil, como aconteceu com a Casa da Criança Aracy, no bairro São Jerônimo, ou mesmo a fachada do prédio, como ainda era o caso da Escolas Municipal de Educação Infantil (Emei) Sabiá, no bairro Santa Maria até sexta-feira, 2.
A Secretaria de Educação divulgou nota, por meio da assessoria de imprensa, informando que representantes da empresa contratada para a poda e capinação, a Sime Prag do Brasil, foram convocados para uma reunião. Do encontro saiu o acordo para que fosse colocada mais uma equipe com seis pessoas para realizar o serviço nas escolas municipais. "A Secretaria está cobrando desde o início do ano mais agilidade da empresa. Eles vão ampliar a equipe. A segunda poda nas 58 unidades da Secretaria de Educação começa semana que vem", disse Juçara Florian, secretária municipal de Educação.
TRATOR
A Secretaria de Educação afirma ainda na nota que o serviço de roçagem nas escolas teve início em janeiro e culpa as chuvas pelo atraso no cronograma. Segundo o secretário adjunto, Perci Moreira, o trabalho a partir de agora será agilizado com a ajuda de maquinário apropriado. "A empresa prometeu ainda que colocará um trator nas escolas para que o serviço seja feito de forma mais rápida", diz. A empresa é de Rio das Pedras e tem contrato em vigor com a Educação até junho de 2018.
De acordo com o cronograma entregue pela Secretaria de Educação, restam para esta semana as podas das casas da criança Baeti e Tahira, da creche Maracá, das emeis Indaiá, Sabiá e Tangará, além do Mãos que Acolhem e da unidade da Tempo de Viver.