OK
Close

Filarmônica retoma atividades

Cultura e Entretenimento

VÉRONIQUE HOURCADE Nova Odessa | 12/02/2018-22:18:07 Atualizado em 12/02/2018-22:14:53
AFINAÇÃO | Além dos concertos realizados no município, a OFNO também já se apresentou em cidades da região e em palcos importantes de outras cidades

A Orquestra Filarmônica de Nova Odessa (OFNO) está retomando as atividades e os ensaios, que começam no sábado, 17, para a Temporada 2018. As inscrições estão abertas a músicos interessados em ingressar na Filarmônica, que atualmente conta com 30 membros, e há vagas para instrumentos de cordas, madeiras, metais e percussão.
De acordo com o presidente da Associação da Orquestra Filarmônica de Nova Odessa, Eli Antônio Ferreira, a prefeitura oferece apoio logístico, o que viabiliza a realização de ensaios, que acontecem no auditório da Secretaria de Educação, e dos concertos. No entanto, o grupo não tem apoio financeiro e o presidente da entidade afirma que estão em busca de empresas da região interessadas em contribuir com a manutenção da Filarmônica.
Criada em 2012, a orquestra manteve o calendário de ensaios e apresentações ininterruptos até 2016. E, nesse período, contou com a direção do maestro peruano Fernando Ortiz de Vilatte, presidente do Movimento de Orquestras do Interior do Estado de São Paulo (Moiesp), e, na sequência, do maestro Samuel Lima. "Só não tivemos atividades no ano de 2017, mas retomamos nossas atividades agora em 2018, com a direção do novo maestro Felipe Gadioli", ressalta Ferreira.
NA REGIÃO
Além dos concertos realizados no município, a OFNO também já se apresentou em cidades da região e Ferreira destaca alguns, como o que foi apresentado na Festa Italiana de Rio das Pedras, além das apresentações no Teatro Paulo Autran, em Americana, e no Teatro Municipal de Santa Bárbara d'Oeste.
"Também tivemos a honra de realizar um concerto no palco que já recebeu os melhores músicos do mundo: o Auditório Cláudio Santoro, em Campos do Jordão (SP). Naquela ocasião contamos com um número de 109 músicos, resultado da união da Orquestra Filarmônica de Nova Odessa, do Conservatório Carlos Gomes de Campinas e da Orquestra Jovem de Campos do Jordão", recorda Ferreira e acrescenta, nessa relação de apresentações, a participação na gravação da abertura do programa do cantor Moacir Franco, na TV Cultura.
ENSAIOS
A Orquestra Filarmônica de Nova Odessa foi fundada por Elisabete e Norberto Rohwedder e o casal de músicos é responsável pela coordenação. "É com muito entusiasmo que a Orquestra Filarmônica retorna a suas atividades. Este ano teremos muitas novidades para o público", destaca o coordenador Norberto.
"Convidamos os músicos da região que tenham interesse em fazer parte da Orquestra Filarmônica de Nova Odessa", completa Elisabete. Os ensaios ocorrem aos sábados, das 13 às 15 horas, e os músicos interessados em ingressar na OFNO devem entrar em contato pelos telefones (19) 99224-7640, 99950-3212 ou 99122-1408.
O auditório da Secretaria de Educação fica na Avenida Carlos Botelho, nº 01, no Centro da cidade.
MAESTRO
Para a Temporada 2018, o maestro Felipe Gadioli foi convidado para reger a OFNO e assumir a direção artística. Segundo Eli Antônio Ferreira, a programação será divulgada em breve. Felipe Gadioli é da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), onde foi o maestro da Orquestra Comunitária por uma temporada. Gadioli tem participações internacionais de regência e trajetória como músico de orquestra em violino e cravo, além de ter participado do curso de regência com Isaac Karabtchevsky, que é considerado um dos principais regentes do País.