OK
Close

GASOLINA

Fogo Cruzado

22/02/2018-22:51:28 Atualizado em 22/02/2018-22:47:46

A coluna adiantou o caso do sumiço da gravação em áudio do depoimento à CEI da Saúde da ex-secretária de Saúde Mirella Povineli, que virou mesmo caso de polícia. Há várias linhas de suspeitas, como mostra reportagem da página 3 desta edição, entre elas uma mera falha no sistema e, pior, um ato crimionso. O computador utilizado no depoimento foi apreendido pela Polícia Civil e passará por perícia. O caso acrescenta gasolina a uma questão que já era explosiva, as denúncias de irregularidades na Fusame e no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi.
GASOLINA 2
A área da Saúde também tem poder explosivo em Campinas, onde o prefeito Jonas Donizete enfrenta suspeitas de irregularidades no Hospital Ouro Verde. Nesta quinta, 22, funcionários decidiram entrar em estado de greve com o anúncio do rompimento de contrato entre a adminiostração e a OS Vitale, envolvida nas suspeitas de corrupção. O fim do contrato, porém, pode significar ademissão de 1.500 funcionários da empresa que hoje atuam no Ouro Verde. A Vitale já está afastada e a prefeitura assumiu a gestão do hospital - a administração alega, porém, que a medida faz parte de projeto de unificação do sistema campineiro, o Rede Mário Gatti. Há previsão de nova prestadora de serviço ser contratada. Na terça, 27, se não houver disposição de Donizete em negociar, os funcionários prometem parar de vez.
ENCONTROS, DESENCONTROS
Ciro Gomes e Fernando Haddar provocaram uma onda no PT ao se encontrarem em São Pualo para discutir "o futuro da esquerda". A direção do PT desautorizou o ex-prefeito paulistano que, por sua vez, tomou a iniciativa do encontro por conta própria. A preocupação, no fundo, era com um suspeito "plano B", já que o partido mantém a ideia de Lula no pleito de outubro. Lula, aliás, teria autorizado o encontro, disse Haddad, u m nome falado e negado várias vezes para substituir o ex-presidente em caso de impedimento eleitoral.
CONDIÇÕES
O PSB apresentou condições para apoiar Geraldo Alckmin a presidente. Pedem em troca apoios do PSDB nas eleições a governador, entre eles, a do ex-prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda. A lista de trocas inclui ainda apoios nas eleições no Espírito Santo e Tocantins, além do Distrito Federal.
BUFUNFA
Paulo Preto, apontado como o operador do PSDB, vai tentar anular a investigação feita em São Paulo, que apontou contas na Suíça com R$ 113 milhões, indicados por investigadores suíços e divulgados nesta quinta, 22. O caso, que já está no STF e envolve ainda o senador José Serra, tem como relator o ministro Gilmar Mendes.
BOMBAS
A quinta teve outro golpe no tucanato, com a deflagração de operação da Lava Jato sobre concessões de rodovias federais no Paraná, envolvendo um assessor da Casa Civil de Beto Richa. O tucano passou por poucas e boas quando outro amigo de Richa, um fotógrafo, se viu envolvido em esquemas de pedofilia, que ainda é investigado em Londrina.