OK
Close

Carregador é possível causa de fogo

Cidades

PEDRO HEIDERICH AMERICANA | 07/12/2017-00:32:36 Atualizado em 07/12/2017-00:28:24
Divulgação | Corpo de Bombeiros
prejuízo | Quarto queimado

Um celular carregando é a possível causa de um incêndio ocorrido ontem, no Vale das Nogueiras, em Americana. Segundo o Corpo de Bombeiros, o aparelho estava em cima de uma cômoda. Ninguém estava na casa. Vizinhos acionaram os bombeiros, que combateram o incêndio ainda no quarto, evitando que o fogo se propagasse para o resto da casa.
O caso aconteceu por volta das 10h30. Vizinhos perceberam uma fumaça saindo da casa, tentaram contatar o morador, não conseguiram e ligaram para os bombeiros. De acordo com a corporação, uma fumaça densa vinha de um quarto na parte de cima da casa.
Os militares ventilaram o local e diminuíram a temperatura ambiente, evitando que o fogo se propagasse para outros cômodos. Houve apenas prejuízo material no quarto. Os bombeiros terminaram de combater o incêndio e deixaram o local por volta das 11h50.
Segundo o Corpo de Bombeiros, um celular carregando em cima de uma cômoda foi a provável causa do incêndio. Foi encontrado apenas resquício do aparelho. A suspeita é que um defeito no carregador possa ter causado as chamas. Também foi levantada a hipótese dele não ser original.
Os bombeiros alertam para os riscos de carregar o celular em cima de móveis, que podem ajudar na propagação do fogo em caso de curto-circuito, e orientam a nunca utilizar carregadores paralelos. A corporação não informou a rua onde ocorreu o incidente. O dono da casa, que não teve a idade e profissão divulgada, não quis dar entrevista.
OUTRO CASO
Na segunda, em Santa Bárbara d'Oeste, o servente Alcides Morato, 52, morreu carbonizado após acender um cachimbo no quarto de casa, no Parque Zabani. Segundo a polícia, o fósforo caiu no lençol da cama da vítima e o fogo se alastrou. Morato usava andador para se locomover e não conseguiu escapar.