OK
Close

Projeto busca padronizar sistema

Hortolândia, Monte Mor e Sumaré

DA REDAÇÃO SUMARÉ | 14/12/2017-21:34:24 Atualizado em 14/12/2017-21:31:46
Divulgação | Prefeitura de Sumaré
REUNIÃO | Projeto foi apresentado e discutido com funcionários das unidades envolvidas

A Secretaria de Saúde de Sumaré iniciará em janeiro um projeto piloto no CS II (Centro de Saúde) do Centro e no CIS (Centro de Integração de Saúde) de Nova Veneza. O objetivo é organizar e padronizar o sistema de informações da rede municipal de Saúde. As duas unidades foram escolhidas por terem o maior fluxo de pacientes da cidade.
A ideia é adotar uma planilha resumida que poderá ser rapidamente preenchida pelos profissionais da saúde com informações dos pacientes, indicando todo e qualquer procedimento que for realizado. O material será rotineiramente recolhido dessas unidades e encaminhado para uma equipe que ficará responsável em organizar os dados e cadastrá-los junto ao sistema do Ministério da Saúde.
"O modelo adotado atualmente para registro da 'produção' nas unidades é deficiente e não reflete o real número de atendimentos/procedimentos realizados no dia a dia da rede", afirmou o diretor clínico da Saúde de Sumaré, Abner Alberti.
O assunto foi apresentado e discutido nesta quarta-feira (13), junto aos servidores do CS II e CIS, com a participação de representantes da Saúde e do presidente do Conselho Municipal de Saúde, Leandro Rosa dos Santos.
"É importante que a população compreenda e participe desse processo, lembrando que é um projeto piloto com a intenção de melhorar o atendimento aos pacientes. Com a padronização do sistema, entendemos que os profissionais nas unidades estarão mais livres para atendimento à demanda diária e, com a obtenção de mais recursos para investimentos na área da Saúde, teremos condições de contratar mais profissionais, disponibilizar mais materiais e oferecer um atendimento cada vez mais humanizado para a nossa população", disse o prefeito Luiz Dalben (PPS).