OK
Close

Projeção é de alta em faturamento

Cidades

RODRIGO ALONSO REGIÃO | 13/11/2017-23:01:21 Atualizado em 13/11/2017-22:58:20
Claudeci Junior | TODODIA Imagem
CALÇADÃO DE AMERICANA | Aumento esperado é de 3,7%

O comércio de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d'Oeste deve faturar pelo menos R$ 20 milhões no próximo dia 24, quando haverá a Black Friday. O montante representa um aumento de 3,7% em relação à edição do ano passado, que ocorreu no dia 25 do mesmo mês.
A estimativa foi divulgada ontem pelo Sincomercio (Sindicato dos Lojistas e do Comércio Varejista de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d'Oeste). "A Black Friday é uma ação que vem se consolidando no Brasil. Portanto, todos os setores do varejo acabam, de alguma forma, oferecendo algum desconto para os clientes", disse a assessora econômica da entidade, Caroline Miranda Brandão, responsável pelo estudo.
O sindicato apontou que, de acordo com o CDC (Código de Defesa do Consumidor), a oferta de produtos e serviços deve ser de forma "adequada, clara e precisa". "É necessário evitar algumas ações, como descontos enganosos, aumento dos preços na véspera - para, então, conceder descontos no dia. É importante, ainda, que o varejista não anuncie produtos que não estejam em estoque", comunicou, em nota.
A Black Friday acontece sempre na sexta-feira após o dia 23, data em que comemora-se o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos. No dia, lojas realizam "queimas de estoque" com descontos, o que incentiva a compra de presentes para o Natal.