OK
Close

Coleta seletiva é ampliada e ganha até versão 'fast food'

Santa Bárbara d Oeste 199 anos

Texto | Da Redação Foto | Divulgação | 02/12/2017-17:08:05 Atualizado em 02/12/2017-17:20:22
Novidade | Sistema Eco Drive Thru encaminha, em média, duas toneladas por mês de material reciclável

A Secretaria de Meio Ambiente de Santa Bárbara d'Oeste recolhe cerca de 70 toneladas por mês através da coleta seletiva, atendendo 70% da área urbanizada da cidade. A meta a médio prazo é atender. Para isso, além de ecopontos, a prefeitura instalou dois Eco Drive Thru, que permitem o descarte de dentro do carro.
A região central do município conta com contêineres para coleta de resíduos, e também está presente nos principais corredores de serviços, além de lixeiras (papeleiras) nos pontos de maior concentração de pessoas. A ação busca facilitar o descarte por parte da população e agilizar a coleta.
Já os três ecopontos existentes na cidade foram reorganizados com um novo sistema de segurança e gerenciamento dos resíduos descartados. Santa Bárbara coleta 100% do lixo doméstico e é a única cidade da RMC (Região Metropolitana de Campinas) que possui Aterro Sanitário devidamente licenciado pela Cetesb.
"FAST FOOD"
Outra novidade foi a instalação de dois Eco Drive Thru, nas avenidas Santa Bárbara e Corifeu de Azevedo Marques. Pioneiro na região, o equipamento é um PEV (Pronto de Entrega Voluntária) que funciona como um "drive thru" de "fast food". Para utilizar basta acessar o local com o carro e descartar o material no local indicado.
Desde que foi implantado, o sistema Eco Drive Thru encaminha, em média, 2 toneladas por mês de material reciclável à Recicoplast, cooperativa de reciclagem. Construído de maneira sustentável, o Eco Drive Thru é composto por um contêiner marítimo reaproveitado e adaptado às necessidades.
Nos últimos anos a prefeitura também intensificou a arborização em toda a cidade com o plantio de mais de 17 mil mudas de diversas espécies e aumentou a produção de mudas no Viveiro Municipal. A ação tem o objetivo de promover arborização urbana, reflorestamento, recuperação ambiental de APP (Áreas de Proteção Permanente), córregos e nascentes.