OK
Close

Harmonização com espumantes

TodaGente

Texto | Claudete Campos Foto | Divulgação | 25/11/2017-17:25:51 Atualizado em 25/11/2017-17:23:37

Assim como o cardápio da festa, o bolo e os doces são escolhidos a dedo, os espumantes também devem ser analisados com lupa para haver uma harmonização entre os pratos e as bebidas. Afinal, um dos momentos mais emotivos é o brinde.
Harmonizar o espumante com o bolo é uma tradição secular e dá coerência ao cardápio. "Existe um monte de teorias para explicar porque determinados sabores combinam mais com outros, mas no que diz respeito a espumantes e bolos, fazer essa combinação é bem simples. Quanto mais doce o bolo, mais o espumante parecerá seco.
Partindo daí, fica bem fácil escolher tanto o sabor do bolo quanto a opção de espumante que será servido no evento", explica a cerimonialista Shalimar Catramby, da Casa de Festas Casuarinas.
Ela aponta que é uma boa ideia fazer a prova do bolo junto com alguns sabores de espumante antes de se decidir. "Dessa forma, fica bem mais fácil saber o que fica mais saboroso, evitando desperdícios tanto de bolo quanto de bebidas na festa".
Espumantes e bolos
Espumante do tipo brut: É o mais popular para os casórios, pois, apesar de seco, tem um pouco de açúcar, o que agrada a maioria das pessoas. Combinam especialmente com sabores frutados e menos doces;
Espumantes tipo demi-sec: Têm uma boa quantidade de açúcar, harmonizando bem não só com bolo e doces, como com a maioria dos cardápios. É comum oferecer um demi-sec quando a festa é do estilo bolo com espumante;
Espumantes extra-brut ou nature: São os mais secos, não tendo praticamente nada de açúcar. Combinam muito bem com doces em geral;
Espumante moscatel: O mais doce de todos e combina muito bem com todo tipo de bolo de casamento. Faz muito sucesso, principalmente entre as mulheres, devido a sua doçura.