OK
Close

castração química 1

Fogo Cruzado

20/10/2017-23:48:03 Atualizado em 20/10/2017-23:44:46

O vereador de Americana Guilherme Tiosso (PRP) divulgou que conseguiu suspender a aquisição de medicamento para esterilização química de cães machos na cidade. O parlamentar comunicou que se reuniu ontem com o prefeito Omar Najar (PMDB) e informou os efeitos do procedimento, fazendo com que o chefe do Executivo optasse por cancelar a compra. O peemedebista também decidiu que o Executivo não realizará mais esse tipo de procedimento.
CASTRAÇÃO QUÍMICA 2
"O prefeito Omar nos recebeu no sentido de ouvir a nossa justificativa quanto ao procedimento da castração química. É um avanço para a causa animal e uma postura de compromisso para o bem-estar dos animais da cidade", disse Tiosso. "(Tiosso) tem mostrado uma postura ativa pela causa animal. Ele trouxe informações importantes e, após esses esclarecimentos, não faremos mais castrações químicas em Americana. Agradeço ao vereador, ressaltando que meu gabinete está sempre aberto para receber sugestões que beneficiem nossa população e melhorem a qualidade de vida em nossa cidade", divulgou Omar em sua página no Facebook. Ativistas da causa animal contestam o método devido à dor e possíveis efeitos colaterais. Tiosso e Omar não informaram se será adotado outro tipo de esterilização dos cães em Americana.
ACORDOS
Há parlamentares na Câmara dos Deputados que acreditam em um possível prosseguimento da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), conforme o deputado federal José Mentor (PT-SP) apontou ontem, em visita ao TODODIA. Segundo ele, Temer teria descumprido acordos que fez com parlamentares à época da primeira votação, como posicionamento de cargos e liberação de recursos para Estados e municípios. Mentor apontou que a situação teria desagradado deputados e partidos, o que poderia acarretar na aceitação da denúncia. No entanto, Mentor afirmou achar a aprovação "difícil". A votação está prevista para quarta.
CRÍTICA
O ex-deputado estadual Antonio Mentor (PT), que acompanhou o irmão, criticou o aumento nos valores do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), aprovado pela Câmara de Americana anteontem. "Aumentar o IPTU nesses padrões que estão sendo colocados para a cidade de Americana é uma atitude irresponsável do prefeito (Omar Najar). Com essa sua obsessão financeira ele tem tomado medidas que não vai contribuir para a saúde pública, administrativa", declarou.
VISITA
Os irmãos Mentor estiveram juntos em Americana ontem para homenagem na Apam (Associação de Promoção ao Menor de Americana). De manhã, a entidade inaugurou uma unidade com o nome da mãe dos petistas: Centro Cultural Ozita Mentor. A unidade fica no bairro Jardim Alvorada. Na parte da tarde, ambos visitaram o parque gráfico do TODODIA.