OK
Close

O mais eficiente sistema de tratamento de esgoto

Holambra 26 anos

ANDRÉ ROSSI HOLAMBRA | 27/10/2017-00:56:48 Atualizado em 27/10/2017-00:53:22
Divulgação | Prefeitura de Holambra
REFERÊNCIA | 100% do esgoto urbano e 100% do rural até 2022

O sistema de tratamento de esgoto de Holambra foi considerado o mais eficiente entre as 20 cidades da RMC (Região Metropolitano de Campinas) em 2016, na avaliação da Cetesb (Companhia Ambiental Metropolitana de Campinas). Além de tratar 100% do esgoto urbano, a cidade já iniciou o projeto para tratar 100% do esgoto rural até 2022.
O município recebeu nota 10 no ICTEM (Índice de Coleta e Tratabilidade de Esgotos da População Urbana). A cidade foi a única da região a obter nota máxima no levantamento.
Segundo a Cetesb, o ICTEM leva em consideração a coleta a filtragem, a eficiência do tratamento, a destinação correta dos lodos e resíduos resultantes de todo o processo e o atendimento à legislação quanto à eficácia global da remoção de carga orgânica.
O diretor de Meio Ambiente, Nilson Marconato, afirma que obras de recuperação do sistema de tratamento de esgoto da cidade foram fundamentais para obter a avaliação máxima.
"A estação de tratamento, instalada no bairro Fundão, foi completamente abandonada entre os anos de 2009 e 2012. Nesse período, Holambra chegou a não pontuar no ranking estadual de Meio Ambiente depois de ocupar a 617ª posição em 2011, entre as 30 piores cidades paulistas. (...) A estação foi reativada e passou a tratar com qualidade os efluentes que antes eram despejados diretamente na natureza. Todo o processo de recuperação do sistema foi acompanhado de perto pela Cetesb", explicou Marconato.
Ao longo dos últimos dois anos o tratamento de esgoto recebeu cerca de R$ 1 milhão em investimentos vindos por meio de parceria da prefeitura com a iniciativa privada. As obras foram entregues em 7 de maio de 2016, mesmo dia em que foi inaugurada a nova ETA (Estação de Tratamento de Água).
TRATAMENTO RURAL
Em setembro deste ano, Holambra inaugurou a primeira estação de tratamento de esgoto na área rural, mais precisamente no bairro das Palmeiras. Juntamente com a construção de 170 fossas individuais na área, a prefeitura está finalizando o Plano Integral de Saneamento Rural, que prevê até 2022 a cidade trate 100% do esgoto rural.
"É um projeto audacioso, mas estamos dando passos largos para que isso aconteça", afirmou o prefeito Fernando Fiori de Godoy, o Dr. Fernando (PTB).