OK
Close

Migrantes são maioria e aprovam Jaguariúna

Jaguariúna 63 anos

ANDRÉ ROSSI JAGUARIÚNA | 11/09/2017-23:08:13 Atualizado em 11/09/2017-23:38:21

A maior parte da população de Jaguariúna é formada por migrantes. É o que aponta o dado mais recente do IBGE sobre o tema, que consta no Censo de 2010. Na época, dos 44.311 habitantes, 27.815 não eram naturais do município, ou seja, 63%.
Atualmente, a estimativa do IBGE é que a cidade tenha 54.204 habitantes. Porém, no que depender dos migrantes ouvidos pelo TODODIA, a população da cidade continuará com sua maioria vinda de fora.
A técnica de biotecnologia Paloma Cristina de França, 36, está na cidade há 13 anos e não pensa em ir embora. "Eu me mudei para cá por causa da tranquilidade da cidade. Era uma cidade em desenvolvimento, achei que teria mais oportunidades, por isso que eu vim. Tinha filho pequeno também para poder criar com mais segurança. Não penso em ir embora, gosto daqui. (Gosto da) gestão. A forma como (a cidade) é administrada, independentemente de qual seja o prefeito. Hospitais, creches, os órgãos públicos em geral", afirmou.
O aposentado Darci Marssola, 70, também considera a cidade ideal para viver. Ele mora em Jaguariúna há 19 anos.
"Morava em São Bernardo do Campo e não dava mais. Queria uma cidade mais tranquila, um lugar mais calmo. Aqui é excelente. Cidade é boa, calma. Acontece alguma coisa, lógico, mas é uma cidade calma. Família está aqui, todos gostam da cidade", afirmou Marsolla.