OK
Close

Mercado já sente recuperação

Imóveis

CLAUDETE CAMPOS REGIÃO | 23/09/2017-19:25:39 Atualizado em 23/09/2017-19:22:22
Divulgação
FÁTIMA | Mercado está começando a se aquecer, afirma

O mercado imobiliário em Americana está começando a se aquecer novamente, por causa da retomada do crescimento econômico. A avaliação é da diretora coordenadora do Departamento de Imobiliárias da Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana), Fátima Sueli Coleto, da Imobiliária Nova Objetivo.
"O mercado está começando a se aquecer. Temos bastante procura por imóveis. As pessoas estão receosas ainda, mas a procura está aquecendo", disse Fátima.
Segundo a coordenadora, em locação, os imóveis mais em conta, com dois dormitórios, são os mais procurados. São casas alugadas entre R$ 800 e R$ 900, mais procuradas por pessoas de baixa renda.
Fátima também notou o aumento da procura por imóveis novos financiados, se adequando à realidade dos financiamentos da Caixa e do Banco do Brasil. A maior procura é por casas, mas, devido ao alto valor, boa parte opta por apartamentos, que têm preços mais baixos. "O índice é grande de casal novo com até um filho que procura", informou.
"Houve uma queda muito grande por conta da crise que estamos passando, mas estou vendo melhora sim. A tendência é que vá melhorar. As previsões são promissoras para o segundo semestre e para o ano que vem", informou a dirigente. Para o ano que vem também estão previstos lançamentos de novos imóveis na cidade.
Toda primeira terça feira do mês, os proprietários de imobiliárias se reúnem para discutir as soluções, ideias e parcerias para fortalecer o segmento.
"A maior procura é por apartamento com estrutura legal de lazer, principalmente para atender casal com filhos", informou Fátima. A sustentabilidade também é uma preocupação desses projetos.