OK
Close

Homem é executado a tiros em posto de Nova Odessa

Polícia

Pedro Heiderich | 12/08/2017-17:08:56 Atualizado em 12/08/2017-19:38:18
Reprodução|Google Street Viewer
Caso aconteceu em posto no centro; autoridades não divulgaram detalhes

Um homem morreu executado a tiros em posto de combustíveis de Nova Odessa na tarde deste sábado (12). Segundo testemunhas, foram ouvidos mais de dez disparos. A vítima ainda não foi identificada. A PM (Polícia Militar), perícia e Polícia Civil atendem o caso e não passaram maiores informações. Os autores estavam em uma moto e fugiram em seguida.
Conforme o relato de pessoas presentes no posto e nos comércios ao redor do Auto Posto Rio Branco, localizado na Rua Rio Branco, no Centro, a vítima tinha deixado o carro para lavar no lava jato do posto, na rua ao lado, a Heitor Penteado. Quando o homem retornou ao posto para pegar o veículo apareceu uma dupla em uma moto CB 300 preta.
De acordo com as testemunhas, a dupla efetuou diversos disparos. “A gente contou mais de dez, mas teve gente que viu mesmo que fala que foram treze. Parecia metralhadora, assustou todo mundo o barulho”, conta funcionária de estabelecimento comercial das imediações.
Ainda conforme testemunhas, um outro homem também teria sido atingido pelos disparos e foi socorrido até o Hospital Municipal de Nova Odessa. Não se sabe ainda a relação dele com a vítima fatal e se ele foi atingido propositalmente ou por acidente. A Prefeitura de Nova Odessa confirmou que um homem deu entrada no hospital ao levar tiro de raspão no braço no posto. O paciente foi medicado e recebeu alta.
Após o ocorrido, o posto de combustíveis foi isolado pela polícia para a perícia trabalhar no local.  
A reportagem falou com a PM, que confirmou a execução e disse que informações do caso só serão divulgadas posteriormente. O mesmo foi declarado por plantonista da Delegacia de Polícia Civil do município, que investiga o caso. Testemunhas são ouvidas e diligências são realizadas para tentar identificar e localizar os suspeitos. O motivo também será apurado.
Foram feitas ligações para os telefones do posto, mas nenhuma delas foi atendida.
SEGUNDO HOMICÍDIO NO ANO
É o segundo homicídio doloso no ano em Nova Odessa., aponta a SSP (Secretaria de Segurança Pública). O primeiro foi em abril, quando o comerciante Jessé Souda, 52, foi torturado por duas mulheres, mãe e filha, e seus namorados. O comerciante foi agredido até a morte e teve o corpo jogado em represa. O quarteto confessou o crime e foi preso.
No ano passado foram registrados três homicídios dolosos no município, todos no primeiro semestre, sendo um em maio e dois em junho.

Comentários

Sobre o assassinato de Jessé souda os quatro assassinos estão em liberdade desfilando pela cidade impunes e se gabando do que fizeram. E segundo informações sobre o caso,a vítima não teria estrupado a menina. A justiça soltou eles não sei como pq foram pegos em flagrante. Gostaria que vcs do todo dia, um veículo de comunicação competente, investigassem isso, pois não vemos nem falar mais nesse caso e a família de Souda e seus amigos esperam por justiça