OK
Close

POLINIZAÇÃO 1

Fogo Cruzado

08/08/2017-23:52:32 Atualizado em 08/08/2017-23:49:25

A vereadora Judith Batista (PDT) protocolou na Câmara de Americana um projeto que prevê alteração na Política Municipal de Arborização Urbana. De acordo com a autora, a proposta tem como objetivo a inclusão da questão da polinização na lei, para manutenção da biodiversidade.
POLINIZAÇÃO 2
"Na natureza, há diversos sistemas bióticos de polinização, ou seja, há seres vivos que atuam na polinização das flores, garantindo a reprodução das espécies vegetais. Estão envolvidas neste processo as abelhas, besouros, pássaros, borboletas, mariposa, morcegos, entre outros", aponta Judith.
POLINIZAÇÃO 3
Segundo a vereadora, a implantação de corredores ecológicos urbanos e o uso de espécies arbóreas atrativas a polinizadores é uma forma de proteger os seres vivos, garantindo recursos para as espécies. "Mais de 80% das espécies de plantas com flores dependem polinizadores para transportar o pólen. Para a espécie humana, a polinização é de extrema importância. No Brasil, de 141 culturas agrícolas, 85 delas precisam deles e, portanto, sua manutenção e proteção são essenciais", afirma.
POLINIZAÇÃO 4
"Vale lembrar que ações protetivas aos polinizadores são recomendadas pela Convenção sobre Diversidade Biológica, um tratado da ONU (Organização das Nações Unidas), estabelecido na ECO-92", conclui. O projeto será encaminhado às comissões pertinentes e, não havendo impedimento legal para tramitação, será discutido e votado pelos vereadores em plenário, durante sessão ordinária.
DÍVIDAS
O vereador de Santa Bárbara d'Oeste José Antonio Ferreira, o Dr. José (PSDB), divulgou que, em resposta a um requerimento seu, a prefeitura informou que, atualmente, deve R$ 8,7 milhões às empresas terceirizadas que prestam serviços no município. Desse total, R$ 3,4 milhões são devidos à empresa Forty Engenharia e o atraso com essa empresa é proveniente de notas fiscais vencidas em julho de 2017, aponta o parlamentar. A Forty, além do serviço de coleta de lixo, presta serviços de limpeza e desobstrução de galerias de águas pluviais e caminhão poliguindaste com caçambas.
RCA
Ainda de acordo com Dr. José, questionada sobre a dívida com a empresa RCA, a Secretaria de Fazenda informou que o valor devido é de R$ 5,2 milhões e o montante refere-se a notas fiscais em atraso com a empresa RCA vencidas em outubro de 2016. O valor anual do contrato com a empresa é de R$ 6,5 milhões para a prestação de serviços de limpeza de áreas públicas do município.