OK
Close

Casos de tráfico têm aumento de 17,58% na RMC

Cidades

RODRIGO ALONSO REGIÃO | 18/08/2017-23:11:51 Atualizado em 18/08/2017-23:50:10

O número de ocorrências de tráfico de entorpecentes subiu 17,58% na RMC (Região Metropolitana de Campinas), na comparação entre janeiro a julho de 2016 e o mesmo período deste ano. A quantidade passou de 1.496 para 1.759. Os dados do mês passado foram divulgados ontem pela SSP (Secretaria Estadual da Segurança Pública).
Das 20 cidades da região, 14 registraram aumento: Americana (de 92 para 154), Campinas (de 437 para 504), Cosmópolis (de quatro para dez), Holambra (de zero para um), Hortolândia (de 102 para 179), Indaiatuba (de 210 para 233), Itatiba (de 49 para 51), Monte Mor (de 26 para 35), Morungaba (de zero para um), Paulínia (de 76 para 95), Pedreira (de 25 para 39), Santo Antônio de Posse (de 12 para 17), Sumaré (de 108 para 151) e Vinhedo (de 12 para 14).
Em cinco, houve queda: Artur Nogueira (de 42 para 36), Cosmópolis (de 46 para 34), Nova Odessa (de 19 para 15), Santa Bárbara d'Oeste (de 185 para 144) e Valinhos (de 21 para 16). Apenas Jaguariúna se manteve com o mesmo número de casos, 30.
HOMICÍDIOS
Entre janeiro e julho, Monte Mor registrou quatro homicídios, contra apenas um no ano passado. O último caso ocorreu no mês passado. Dos municípios da RMC, Monte Mor é o que teve maior aumento percentual no número de homicídios, com 300%. Na região, a alta foi de 17,73%.

Leia Mais