OK
Close

Porta para o mundo artístico

TodaGente

Texto | Claudete CamposFoto | Claudeci Junior | 10/08/2017-23:43:18 Atualizado em 12/08/2017-17:19:58

O glamour dos concursos de beleza está voltando. Esta é a opinião da diretora do concurso Miss São Paulo Infanto Juvenil, Ivete Pina. Os concursos voltaram a cair no gosto das pessoas, depois de um tempo de ostracismo por causa da ascensão da carreira de modelos. Para muitos jovens e até mesmo adultos, os concursos podem ser uma porta de entrada para a carreira artística. Tanto é que 68 candidatas de cidades da Região Metropolitana de Campinas vão disputar a final do concurso estadual no próximo dia 30 de setembro, no Centro de Convenções do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) Santo Amaro.
Segundo Ivete, as concorrentes almejam seguir a carreira artística, querem ser modelos profissionais de passarela ou de carreira fotográfica. Segundo a diretora, quando as meninas se destacam e têm perfis que se encaixam nos trabalhos, faz indicações para as agências de modelo da Capital com as quais mantém contato. Hoje, há modelos no Brasil e no exterior que foram descobertas pela agência promotora do concurso de miss.
Uma dessas candidatas interessadas em entrar na carreira é a Miss Juvenil Santa Bárbara d'Oeste, Isabelle Souza, 17, que concorre pela primeira vez em concurso de beleza. Ela disputa na categoria Miss Juvenil 13 a 17 anos. Com 1,69 metro, Isabelle relatou que, no início, se interessou pelo concurso por influência da tia, Concilia Izou, mas depois se apaixonou pela passarela. "Gostaria de ser atriz, gosto de desafios e essa profissão é cheia deles", disse a jovem, que trabalha na Denso e é promotora da Vox90. "Alimentação saudável aliada a exercícios físicos (academia) é essencial para manter o foco e o peso ideal", disse a miss barbarense. Isabelle ainda pratica na frente do espelho ou com outras pessoas, para ter desenvoltura e ser comunicativa.
A jovem cursa o terceiro ano na Escola Estadual Neuza Nazato. "Pretendo estudar ainda mais e ter um futuro promissor. Sobre a faculdade, tenho dúvidas. Porém, tenho certeza que serei muito realizada, seja como modelo ou em outra profissão", disse a jovem, que é considerada muito centrada pela tia. Segundo a tia da concorrente, Isabelle sempre teve o sonho de entrar no mundo artístico. E essa vontade aumentou depois que participou do clipe da música "50% pra cada lado", do cantor sertanejo Felipe Henrique. Para Concília, o concurso pode abrir portas para a sobrinha, pois nesses concursos têm muitos olheiros de agências de modelos. Nas seletivas, Isabelle deixou para trás 60 candidatas do município.
Pais devem verificar autenticidade de evento
Os concursos de beleza mexem muito com os sonhos de crianças e adolescentes. E, nessa hora, é necessário muito cuidado com inscrições em concursos que não são oficiais. No caso do Miss São Paulo Infanto Juvenil, a agência promotora, IRM Produções Artísticas Limitada, tem 48 anos no mercado, já lançou artistas como Angélica, Adriane Galisteu, Gugu e Rodrigo Faro. No caso do concurso, tem a patente registrada no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, desde 2008. Faz dez anos que a agência promove o concurso oficial.
Para evitar comprar gato por lebre, as orientações da diretora Ivete Pina são para que os pais verifiquem o site da empresa, notícias e fotos, para colher informações sobre os promotores. "Se quiserem podem entrar em contato conosco, porque existe muita cilada, muitos concursos que tiram dinheiro da menina. O nosso é 87% patrocinado e de quatro a cinco prefeituras vão colocar o emblema no site porque auxiliaram", explicou a diretora.