OK
Close

Prevenindo acidentes

TodaGente

Texto | Claudete Campos Fotos | Divulgação | 09/08/2017-23:52:06 Atualizado em 12/08/2017-15:52:26

Todo proprietário de pet deve redobrar os cuidados para evitar acidentes com os cães ou gatos. Os filhotes são curiosos, fuçam em tudo e podem se machucar. Os mascotes idosos podem ter mais dificuldades em se locomover pela casa. Assim como os pais tomam precauções para evitar que os filhos se machuquem, os proprietários de mascotes devem avaliar o ambiente e fazer mudanças para evitar essas barreiras e os incidentes.
O veterinário Cauê Toscano, do Vet Quality Centro Veterinário 24h, informou que os filhotes são os mais curiosos. Enquanto não se adaptam no novo lar, podem mastigar objetos, se esconder atrás dos móveis e subir em lugares altos. Ainda cheiram e lambem o que encontram pela frente.
"Quando resolvemos adotar um animal filhote, é importante preparar o ambiente para recebê-lo. Escolha uma parte da casa para ele dormir, comer e fazer suas necessidades biológicas. Nesse local, é importante que tomadas e fios de eletricidade estejam protegidos", orientou Toscano. No caso de gato, instalar tela de proteção nas janelas de sobrados e varandas de apartamentos, pois escalam os móveis para ficar nesses espaços. E podem cair das alturas.
IDOSOS
Segundo Toscano, animais com idade avançada acima de sete anos precisam de atenção redobrada. Se tiverem visão deficiente ou dificuldades de locomoção por problemas de saúde, é importante ficar atento quando sobem ou descem de móveis. Tomar cuidado com as posições dos sofás e das camas, para evitar que os idosos se machuquem. No caso dos gatos, ficar atento com as estantes, prateleiras e mesas. A dica do profissional é fechar portas e janelas quando deixar o pet sozinho em casa.
DICAS
Produtos químicos não devem ser deixados ao alcance dos pets. Em caso de reforma no imóvel, evitar que entrem em contato com tinta fresca.
Cachorros pequenos procuram objetos para roer, pois seus dentes estão em processo de formação e crescimento. Por esse motivo, ter disponível brinquedos para roer, pois, caso contrário, pode morder cantos das paredes e os sapatos
Evitar deixar à vista objetos pequenos que podem ser facilmente engolidos, como moedas, brincos, peças de brinquedos infantis, caroços e sementes. Acidentes do tipo podem causar lesões graves no estômago e no intestino
Existem brinquedos apropriados para cães e gatos de diferentes tamanhos. Cães de porte médio e grande não deve ter brinquedos muito pequenos ou com peças miúdas, já que podem ser engolidos
FONTE: Cauê Toscano | Veterinário