OK
Close

Um dos melhores do mundo

Clube Gourmet

Texto | Claudete CamposFotos | Divulgação | 04/08/2017-23:19:23 Atualizado em 04/08/2017-23:34:22

O Queijo Santo Casamenteiro, de Cruzília (MG), faturou a medalha de Prata no 3º Salão Mundial do Queijo e Produtos Lácteos 2017 de Tours, na França. Ou seja, está entre os três melhores queijos do mundo.
O evento bianual contou com a participação de 650 variedades de queijos, de 190 expositores, que foram avaliados por 125 jurados especializados no concurso internacional de Melhor Produto (Produit Laitiers). Também foi realizado o concurso internacional de Melhor Queijeiro.
O Santo Casamenteiro integra o portfólio da linha de queijos exclusivos da Cruzília. Em sua fabricação estão misturados processos industriais e artesanais, como a enformagem, que é realizada manualmente. Afinal de contas, por que esse queijo é tão diferente dos tradicionais? Leva na receita o queijo de mofo de terroir nacional Azul de Minas, cream cheese, nozes e damascos.
"A Cruzília tem sido uma queijaria que investe no desenvolvimento de queijos inovadores e com uma pegada de brasilidade que reflete o nosso terroir. Santo Casamenteiro foi mais uma dessas criações. Levamos o queijo para competir na França com humildade porque sabíamos que íamos enfrentar centenas de queijos do mundo todo. E concorrer com um queijo de mofo azul de leite pasteurizado num país que é referência internacional de queijos foi um grande desafio, embora o queijo já houvesse recebido prêmios no Brasil e na América do Sul. Mas ficamos muito orgulhosos de ter representado bem o Brasil; foi emocionante receber esse prêmio" afirmou o diretor geral da Queijos Cruzília, Carlos Almeida.
Segundo o produtor, pode ser consumido no inverno e no verão. O sabor é menos acentuado do que os queijos de mofo azul, então combina muito bem com os vinhos brancos como Chardonnay e Sauvignon Blanc; espumantes Brut e vinhos do Porto. Segundo o produtor, é uma iguaria que agrada o público feminino, menos acostumado com queijos de mofo.
Para o diretor, o Brasil hoje tem queijos e laticínios queijeiros que produzem com qualidade para competir em eventos internacionais. Para isso, foram feitas melhorias nos processos de produção, em controles de qualidade, na seleção do leite e na incorporação de conhecimentos científicos.
As premiações
Um dos melhores queijos do mundo no 3° Concours Mondial du Fromage et dês Produits Laitiers 2017 em Tours, França
Produto Alimentício Mais Inovador do FI InnovationAwards 2016 na 20ª Food ingredients South America - FISA, S. Paulo
Destaque Especial do 41º Concurso Nacional de Produtos Lácteos, Minas Láctea 2015-Instituto de Laticínios Cândido Tostes de Juiz de Fora (MG)
Embalagem diferenciada
Outro diferencial do queijo Santo Casamenteiro é a embalagem skin pack a vácuo. Segundo a empresa, essa tendência que veio da Europa alia apresentação e aumenta o shelf life (durabilidade), que é de 90 dias no ponto de venda. Após a abertura, deve ser consumido em até três dias.
Onde encontrar
O Santo Casamenteiro pode ser encontrado nas redes OBA, Carrefour, Pão de Açúcar e Walmart em Campinas e Região. preço final para o consumidor depende do canal de venda. Ele é vendido em formas ao redor de dois quilos ou em porções de cerca de 200g.