OK
Close

Homem convida policiais para tomar café e entrega arma guardada no forno

Polícia

CLAUDETE CAMPOS HORTOLÂNDIA | 16/07/2017-19:44:48 Atualizado em 16/07/2017-19:55:07
Divulgação/PM
Arma carregada estava escondida dentro do fogão da casa do acusado

Um homem de 61 anos suspeito de estar armado convidou policiais militares para tomar café e comer um pedaço de bolo na sua residência para despistá-los, mas depois confessou que não sabia cozinhar e entregou um revólver carregado aos policiais. A arma estava no forno do fogão da residência. A ocorrência foi registrada por volta de 16h deste domingo (16), em Hortolândia. Os fatos ocorreram na Avenida Brasil, no Jardim Amanda II.
Os policiais da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motos) fizeram patrulhamento pela avenida porque uma pessoa informou que um homem de camisa preta e calça jeans portava uma arma de fogo na cintura no Bar do Piauí. Ao se deslocarem até o bar, os policiais avistaram um homem com as mesmas características. Com o acusado não foi encontrado nada de ilegal.
Mas o suspeito ficou nervoso e caiu em contradição. A equipe perguntou ao suspeito se tinha arma em seu poder, mas negou e convidou a equipe para tomar um café e comer um bolo em sua residência para mostrar que não tinha nada de ilegal em sua casa.
Com apoio de outras viaturas, os policiais se deslocaram até a residência do acusado. No portão da residência, o acusado afirmou que era trabalhador, que não sabia fazer café e nem bolo e que no forno da residência estava uma arma de fogo carregada. Dito isso, permitiu a entrada da equipe na residência.
Os policiais encontraram um revólver calibre 38 com numeração suprimida com seis munições intactas. O acusado, o autônomo Nilton Gonçalves de Souza, 61, foi apresentado no Plantão Policial de Hortolândia e ficou à disposição da Justiça. O acusado foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Comentários