OK
Close

Travesti é encontrada morta dentro de sua casa

Cidades

JOÃO CONRADO KNEIPP MONTE MOR | 20/07/2017-23:43:10 Atualizado em 20/07/2017-23:43:06
Reprodução | Facebook
CAMILA | Polícia pedirá quebra de sigilo telefônico para apurar caso

A travesti Camila Guedes, 31, foi encontrada morta dentro de casa, na tarde de ontem, em Monte Mor. Registrada como Rodrigo José Guedes de Carvalho, Camila foi achada pela mãe caída no banheiro do imóvel com marcas de facada no pescoço e nas costas. Um amigo dela informou à Polícia Civil que ela havia marcado um programa e receberia um cliente em casa na noite anterior.
De acordo com o BO (Boletim de Ocorrência), a mãe de Camila chamou a PM (Polícia Militar) após chegar em casa e encontrá-la morta no banheiro. Aos policiais, ela afirmou que saiu na noite anterior para trabalhar e quando voltou, por volta das 12h, encontrou a porta da casa aberta.
"Sou cuidadora (de idosos), saí para trabalhar (na terça-feira) e ele falava que ia ao médico hoje (ontem) de manhã, que ia ter que acordar cedo pra pegar o ônibus. Quando foi de manhã, liguei e ninguém atendia. Pensei que pudesse ter perdido a hora, dormido demais. Quando cheguei, vi ele no banheiro", narrou a mãe, Vera Lúcia Guedes Pinto, 61.
Segundo ela, havia ferimentos no pescoço e nas costas de Camila. Uma testemunha informou à Polícia Civil que ela havia agendado um programa com um cliente em casa na noite anterior à que foi encontrada morta. Ainda segundo o BO, o celular dela foi levado. "Também levaram computadores, os cremes e perfumes", completou Vera Lúcia.
À reportagem do TODODIA, ela não soube dizer os possíveis motivos do homicídio. "Nem sei mais sabe, está tudo tão doido. Não sei (quem pode ser). Ele era muito bom, uma pessoa boa", acrescentou. A Polícia Civil irá pedir a quebra do sigilo telefônico de Camila para apurar os últimos contatos.
Uma equipe de perícia foi acionada e o corpo de Camila encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal). Segundo a mãe, o velório será realizado hoje de manhã e o sepultamento está marcado para as 15h30, no Cemitério Municipal de Monte Mor.