OK
Close

Alimentação no inverno

TodaGente

Texto | Claudete Campos Foto | Divulgação | 17/06/2017-20:37:25 Atualizado em 17/06/2017-20:37:35
Alimentação leve | Cenoura é um dos vegetais que têm o consumo recomendado

Alimentar-se de forma equilibrada é essencial para qualquer ser humano. Quem pratica atividades físicas como hobby ou de forma profissional deve redobrar os cuidados com a alimentação, especialmente no inverno, quando as pessoas sentem mais fome e ingerem mais calorias.
A nutricionista Camila Baldez, nutricionista do Colégio Progresso e Sanutrim, elencou uma série de orientações e dicas para os atletas de plantão que também treinam no inverno.
A sugestão de Camila é ingerir carboidratos complexos preferencialmente uma hora antes do treino. "Estes são digeridos lentamente pelo nosso organismo, o que faz com que a glicemia aumente gradualmente. A energia será fornecida constantemente, limitando a quantidade de açúcares que serão convertidos em gordura", explicou Camila.
Segundo a nutricionista, boas opções de alimentos pré-treino são mandioca, batata doce, frutas (não suco) e vegetais em geral. "Porém, lembre-se: não consuma em excesso para não dificultar a digestão e prejudicar o treino", orientou.
No pós-treino, o importante é repor o glicogênio muscular. "A ingestão de carboidratos é muito importante, assim como a reposição dos líquidos. Já, a combinação de proteínas com alto valor biológico e carboidratos no pós-treino de hipertrofia, favorecem o ganho de massa muscular", explicou Camila.
"Recomendo sempre que tenhamos uma alimentação balanceada, rica em fibras e pobre em gordura saturada. O ideal é fazermos as escolhas certas, com alimentos minimamente processados, na sua forma mais natural possível", acrescentou a especialista.
Consuma alimentos funcionais
Outra dica da nutricionista Camila Baldez é consumir alimentos funcionais. São aqueles que possuem, além das suas funções nutricionais básicas, algum efeito metabólico ou fisiológico importante, promovendo saúde e prevenindo doenças. "Seu consumo deve estar associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis. As propagandas de produtos só podem apresentar alegações de propriedades nutricionais quando essas características tiverem sido previamente analisadas e aprovadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)", alertou a nutricionista.
Componentes dos grupos funcionais
Probióticos: Contribuem para o equilíbrio da flora intestinal;
Fitosteróis: Auxiliam na redução da absorção do colesterol;
Licopeno: Tem ação antioxidante que protege as células contra radicais livres;
Psyllium: Auxilia na redução da absorção de gordura;
Ácidos graxos ômega 3: Auxilia na manutenção de níveis saudáveis de triglicérides.
Alimentos da época
No inverno, as raízes e sementes são alguns alimentos da época que devem ser consumidos, como abóbora, abobrinha, batata doce, berinjela, cenoura, couve- flor, couve, espinafre, ervilha, inhame, mandioquinha, pinhão, mamão, morango, melão e limão.
Alimentação balanceada
A alimentação em geral, deve ser balanceada, com todos os grupos alimentares: carboidratos, que dão energia, proteínas, que atuam na produção de células de defesa e as vitaminas e minerais. Reforçar o consumo de legumes e verduras. Opte pelas sopas ricas nesses ingredientes, associando as proteínas como frango sem pele e carnes magras. Acrescente fibras solúveis para engrossar, como farelo de aveia. Não esqueça das frutas que são ricas em Vitamica C.
Fonte: Nutricionista Camila Baldez