OK
Close

Dez atletas ainda com vínculo

Esportes

LUIZ PENINHA | AGÊNCIA OLEPRESS SANTA BÁRBARA D'OESTE | 19/05/2017-00:23:53 Atualizado em 19/05/2017-00:23:44
Arquivo | TODODIA Imagem
CIELO | Vai ser convidado para ajudar o grupo de apoio

O União Barbarense tem pelo menos dez jogadores que participaram do Campeonato Paulista da Série A-2 ainda vinculados ao clube, com contratos vigentes, sendo que dois deles têm acordo até 2018, casos de Richard e Matheus.
Os outros jogadores com contrato até o final do ano são os goleiros Altenir e Jerfesson, o zagueiro Baggio, o atacante Amauri, os laterais Flávio Meneses e Raoni e os meias Kássio e Fernandinho.
Alguns jogadores aparecem na lista do clube junto à FPF (Federação Paulista de Futebol), com contratos que terminam até o final desse mês. São eles: Melinho, Índio, Luiz Fernando e Claudinei.
"Quem solicitou a rescisão, nós liberamos, sem problemas. Há alguns jogadores que podem ir à Justiça, e outros já assinaram a rescisão, mas não foi dado baixa, ou ainda não se registraram em outro clube", explicou o presidente Jairo Araújo.
O União pode tentar emprestar os jogadores com contrato até o final do ano para clubes que vão disputar a Copa Paulista, com isso reduziria as despesas, já que o salário da maioria dos atletas é baixo.
O presidente deve levar essa situação ao grupo de apoio, que passou a gerir o futebol.
O empresário Eliseu Amadio, que faz parte do grupo de apoio ao futebol do União, disse que esses contratos têm de ser avaliados e o clube encontrar uma solução rapidamente para que não gere mais despesas. "Temos que encontrar uma solução para nos livrar o mais rápido possível dessas despesas. Vamos discutir isso no grupo", disse.
Amadio contou que pretende conversar com o ex-zagueiro do União Wilson Gotardo e o ex-zagueiro André Cruz, que já teve parceria na base do Leão da 13, para que se juntem ao grupo de apoio, dando mais força ao projeto. Outro ilustre a ser convidado para ajudar o grupo é o campeão olímpico de natação e torcedor unionista Cesar Cielo.
"Vamos convidá-los e se aceitarem vão nos fortalecer ainda mais", disse Amadio.
O presidente do Leão da 13, Jairo Araújo, falou que ainda não foi marcada a reunião com o prefeito Denis Andia (PV). No encontro, o grupo de apoio vai pedir para que o prefeito ajude o clube na adequação do Estádio Antonio Lins Ribeiro Guimarães, que precisa de uma série de melhorias. O maior problema do estádio é juntar os projetos da área social com o do estádio.