OK
Close

DO CONTRA

Fogo Cruzado

06/05/2017-17:19:38 Atualizado em 06/05/2017-17:19:30

O vereador de Monte Mor Vanderlei Soares (PMDB) esteve presente nas manifestações realizadas na última sexta-feira (28) no município, mesmo sendo do mesmo partido do presidente Michel Temer. "O objetivo foi mostrar indignação contra a reforma da Previdência e a reforma trabalhista, que estão sendo impostas a nós", afirmou, de acordo com a assessoria de imprensa da Casa.

DO CONTRA 2
De acordo com o parlamentar, em dois meses o governo pretende "mexer em conquistas de muitos anos". As declarações foram realizadas durante a sessão ordinária de terça-feira da Casa. Além da greve geral, encabeçada por entidades sindicais, Monte Mor também realizou manifestações contra as reformas previdenciária e trabalhista.
DO CONTRA 3
O vereador também ressaltou que, apesar de ser do mesmo partido do presidente da República, não compactua com as reformas propostas pelo governo federal. "Estou no PMDB, mas sou contra tudo que está sendo feito", disse. Ele também parabenizou os participantes da manifestação e todas as pessoas que se manifestaram pelas redes sociais. "A luta continua. Estaremos juntos, até chegarmos a um termo que seja plausível para todas as partes".
CONVITE
O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), gravou um vídeo para convidar a população para a segunda edição do projeto Viva a Glicério, marcado para hoje na avenida do Centro da cidade. O evento, que fechará parte da via, ocorre das 9h às 16h. A revitalização da Glicério é uma das principais obras do governo Jonas.
DIA DAS MÃES
No vídeo, Jonas fez um estímulo ao consumo. "Venha, traga sua família. Aproveita e compra um presentinho por que o Dia das Mães já tá pertinho também".
DIA DO MAÇOM
O vereador Mauro Penido (PPS), de Valinhos, apresentou projeto de lei para criar o "Dia do Maçom". Segundo ele, os maçons prestam relevantes serviços ao município, e por isso merecem a homenagem. A data proposta é 20 de agosto, dia nacional do maçom.
CONFIANTE
A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, disse que, mesmo diante dos problemas que o Brasil vem enfrentando, permanece confiante de que o país vai conseguir superar as dificuldades. A ministra fez uma palestra na sexta, na ABL (Academia Brasileira de Letras), no Centro do Rio.
CORAGEM
Lembrando do escritor João Guimarães Rosa, a ministra disse que "a vida é assim mesmo, afrouxa, estica, esquenta, esfria, mas o que a vida pede da gente é coragem". "Tenho certeza. Eu tenho muitos defeitos, mas eu sou dos Gerais [Estado de Minas Gerais] como ele. Nós vivemos porque temos coragem. Quem é daquele sertão bravo do norte de Minas se não tiver coragem, sequer subsiste. Gosto muito deste país para desistir. (...)"