OK
Close

Acusado de infidelidade, Juca é expulso do PSDB

Cidades

RODRIGO ALONSO SANTA BÁRBARA D'OESTE | 20/05/2017-00:00:04 Atualizado em 19/05/2017-23:59:56
Arquivo | TODODIA Imagem
JUCA | Ex-vereador na cidade

O ex-vereador de Santa Bárbara d'Oeste Edison Carlos Bortolucci Júnior, o Juca Bortolucci, foi expulso do PSDB acusado de infidelidade partidária. A decisão aconteceu anteontem, após votação entre os membros da legenda. As informações são do vereador e presidente municipal do partido, José Antonio Ferreira, o Dr. José.
Segundo ele, a saída se originou de duas acusações feitas pelo presidente da JPSDB (Juventude do PSDB), Luis Henrique Dias. Uma delas aponta que Juca trabalha, desde janeiro, como assistente parlamentar do deputado estadual Chico Sardelli (PV), conforme se confirma no site da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo).
A outra menciona uma foto na qual o ex-vereador aparece, durante as campanhas eleitorais do ano passado, com um adesivo do prefeito Denis Andia (PV).
De acordo com Dr. José, em sua defesa, Juca disse que havia cumprimentado colegas filiados ao PV, os quais teriam colocado o material em sua roupa sem ele perceber.
De acordo com Dr. José, houve 16 votos a favor da expulsão. Apenas o próprio presidente e sua assessora Marta Padoveze foram contra a medida. "Achamos que caberia mais uma advertência", afirmou o vereador. À reportagem, Chico afirmou que o PV está de "portas abertas" para o ex-vereador. "Pode vir a hora que quiser", comentou. As ligações para Juca não foram atendidas ontem.