OK
Close

Empresas vão gerar 600 vagas

Cidades

da redação hortolândia | 17/05/2017-22:52:34 Atualizado em 17/05/2017-22:52:15
Divulgação
REUNIÃO | Prefeito Angelo Perugini recebeu representantes de empresas no Paço Municipal

A Prefeitura de Hortolândia anunciou ontem a chegada à cidade de quatro novas empresas, que vão gerar 600 novos empregos diretos. Ontem, o prefeito Angelo Perugini (PDT) recebeu a visita de representantes de duas das empresas: a fabricante de sucos CitroSudeste e a CampCarne, especialista em carnes especiais. Além delas, foi anunciada a instalação da metalúrgica Laser Designer e da FCA, do ramo de autopeças.
"Esses investimentos significam emprego, oportunidade de trabalho para as pessoas que moram na nossa cidade (...) Também significa aumento da arrecadação de impostos pela prefeitura para investir em obras e serviços que melhorem a qualidade de vida da população", disse o prefeito.
A CitroSudeste vai gerar 120 empregos na cidade, quando estiver com 100% do parque fabril em operação, segundo o diretor da empresa, Vandro Colombo, informou a assessoria de imprensa do Executivo.
Atualmente, 20 funcionários foram contratados para a produção mensal de 80 mil litros de suco. A partir do ano que vem, a empresa passará a produzir dois milhões de litros da bebida por mês, acrescentou a administração.
O departamento de comunicação comunicou que para montar a fábrica em Hortolândia foram necessários investimentos de cerca de R$ 8 milhões. "Escolhemos Hortolândia pela logística privilegiada da cidade, que facilita a distribuição dos nossos produtos, e porque o Celog, condomínio onde estamos instalados, tem sistema de tratamento de esgoto e efluentes, serviço necessário para nosso tipo de atividade. A prefeitura nos recebeu com muita atenção e ofereceu todo o apoio necessário para resolver questões burocráticas para instalação, com muita agilidade", disse o diretor da empresa, durante visita ao prefeito.
Perugini também recebeu os diretores da CampCarne Caio e Claudio Toledo. A empresa prepara o prédio para iniciar as atividades na cidade, com geração de 110 empregos, diz o Executivo. A revendedora de carnes especiais vai funcionar no bairro Chácaras Assai.
O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Dimas Pádua, afirmou que Hortolândia registra uma taxa de desemprego de 17% da PEA (População Economicamente Ativa). Ele acrescentou que a prefeitura adota a mesma fórmula utilizada nos governos anteriores de Perugini (2005 a 2012), quando o índice de desemprego na cidade caiu de 17,2% para 2%, segundo ele. "Uma cidade só funciona bem com emprego e renda para os moradores. Por isso, vamos recuperar a economia de Hortolândia e levar desenvolvimento para dentro da casa das pessoas", disse Perugini.