OK
Close

PM prende cinco em laboratório de haxixe

Polícia

guilherme mazieiro americana | 20/04/2017-23:00:57 Atualizado em 20/04/2017-23:00:43

A PM (Polícia Militar) prendeu cinco pessoas em uma ação contra quadrilha de tráfico de drogas na noite de anteontem, no Jardim São Paulo, em Americana. O grupo, especializado em manusear haxixe (substância extraída da folha da Cannabis Sativa que produz um entorpecente mais forte que a maconha), foi pego em um laboratório com diversas porções de maconha, 72 comprimidos de ecstasy e cerca de R$ 1 mil.
Segundo a PM, das cinco pessoas presas, quatro irão responder por tráfico e associação criminosa, e outro suspeito responderá por porte ilegal de drogas. A sexta pessoa envolvida foi liberada na condição de testemunha. Os nomes e as idades não foram divulgados.
Durante ronda pelo bairro, a PM abordou três homens em atitude suspeita em frente a uma casa. Dois estavam conversando e um terceiro estava sentado em uma moto. Com eles havia porções de haxixe e R$ 507. Após a abordagem, eles confirmaram que estavam negociando a venda de uma porção de haxixe por R$ 100.
Dentro da residência, a mãe de um dos suspeitos autorizou a entrada da PM, segundo a corporação. Em um dos cômodos dos fundos da casa foi encontrada "grande quantidade de maconha". Naquele local funcionava um laboratório para processamento de haxixe, disse a polícia. Outros três suspeitos trabalhavam no manuseio das drogas. Com eles havia 22 comprimidos de ecstasy e R$ 419.
Foram apreendidos solventes, uma sacola de maconha e objetos utilizados para fabricar as drogas. Um dos suspeitos ainda revelou que escondia 50 comprimidos de ecstasy dentro de um automóvel Volkswagen Gol, que estava estacionado em frente à residência.
A PM deu voz de prisão aos envolvidos e levou o caso para registrar na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana. Eles permaneceram presos.