OK
Close

Reação da torcida surpreende Prass

Esportes

20/04/2017-23:01:04 Atualizado em 20/04/2017-23:00:58

O goleiro Fernando Prass se mostrou surpreso com a reação da torcida do Palmeiras após a derrota por 3 a 0 para a Ponte Preta na primeira partida da semifinal do Paulistão, disputada domingo.
A torcida palestrina realizou uma campanha, chamada de '#AteOApitoFinal', para reforçar a confiança na recuperação da equipe no estadual. Além disso, cerca de 33 mil ingressos já foram vendidos para o duelo de volta no Allianz Parque amanhã.
O arqueiro alviverde revelou, em entrevista coletiva realizada ontem, um assédio fora do comum nas ruas e nos passeios que tem dado desde então.
"Eu tive que sair esses dias para o shopping e me assustei. A resposta é sensacional. Todos que me abordavam falavam que estariam lá no Allianz Parque, que a gente precisava acreditar porque eles estavam acreditando. Eu estou aqui desde 2012, joguei Série B, joguei contra a queda, e a torcida sempre esteve nos estádios", disse Prass.
"Há dois dias, eu vi que já tinham mais de 30 mil ingressos vendidos. Isso é coisa de maluco. Claro que não é por isso que a gente vai classificar, mas tenho certeza que eles vão sair orgulhosos do estádio", completou.
Ao mesmo tempo que se impressiona com o apoio, Prass diz que precisará dosar bastante o que vem das arquibancadas com o que precisa fazer dentro dos gramados.
Com sua experiência, o atleta diz que o excesso de vontade e de adrenalina também podem prejudicar bastante o desempenho da equipe.
"A gente precisa dosar as situações. Quando entrar em campo no sábado, o estádio vai pulsar. Nós vamos nos arrepiar. A adrenalina vai a mil. Isso vai nos dar um gás extra, mas não pode atrapalhar. Porque se pilhar demais o fio vira."
Enquanto concedia entrevista, Prass ficou sabendo que o Palmeiras irá enfrentar o Internacional nas oitavas de final da Copa do Brasil. O goleiro pediu respeito com o adversário, mas disse estar animado em enfrentar um time grande.
"É um time grande. Mesmo estando na segunda divisão, eles eliminaram o Corinthians, que está na primeira. Nada melhor do que enfrentar uma equipe com tradição", explicou.
| FOLHAPRESS