OK
Close

Rebaixado à A-3 e no vermelho

Esportes

LUIZ PENINHA | AGÊNCIA OLEPRESSSANTA BÁRBARA D'OESTE | 17/04/2017-23:07:05 Atualizado em 17/04/2017-23:39:28

Além de amargar o rebaixamento, o União Barbarense vai fechar a Série A-2 no vermelho levando-se em conta apenas os custos das partidas em Santa Bárbara d'Oeste.
Em nove jogos disputados no Antonio Guimarães, o União conseguiu arrastar ao estádio apenas 5.420 torcedores, já incluídos os menores, que não pagam ingressos, conforme lei municipal. A média foi de 602 por partida.
O custo médio de cada jogo do União como mandante, entre bilheteiros, gandulas, médicos, infraestrutura do estádio, despesas com energia elétrica em partidas noturnas, taxas, tributos e segurança, segundo o colaborador do Leão da 13 Aguinaldo Peruche, é de aproximadamente R$ 10 mil.
Assim, o clube gastou na casa dos R$ 90 mil com os nove mandos, praticamente o dobro do que arrecadou com os jogos, de R$ 46.570 (R$ 5.174 por partida).
O jogo de abertura do campeonato do União, contra o Rio Claro, foi o único que superou a média de gastos por jogo do clube. Os 1.426 torcedores proporcionaram uma arrecadação de R$ 11.240.
Em seu último jogo no Antonio Guimarães nesta Série A-2, sábado contra o XV de Piracicaba, 80% dos 499 torcedores que pagaram ingresso eram do XV.
O desempenho do Leão da 13 em casa foi o pior entre os clubes participantes. O time venceu três jogos, empatou um e sofreu cinco derrotas, um aproveitamento de 37%. O time marcou apenas dez gols jogando no Antonio Guimarães e sofreu 18, sendo goleado duas vezes, diante de XV de Piracicaba (4 a 0) e Mogi Mirim (4 a 1).