OK
Close

O raio-x das raças

TodaGente

Texto | Claudete Campos Fotos | Divulgação | 22/04/2017-17:33:01 Atualizado em 22/04/2017-17:34:53

Existem cães que são hiperativos, outros que são mais calmos. Há aqueles que têm muita força muscular e precisam se exercitar com mais frequência. Alguns precisam de mais espaço. Outros latem porque sentem falta dos donos. E há aqueles que são mais preguiçosos. Saber as peculiaridades de cada raça ajuda na escolha do mascote. E também aumenta a qualidade de vida deles, porque o tutor saberá a personalidade dominante em cada raça. Especialista fala das características de cada espécie.
A médica veterinária Esther Reinheimer, da Hercosul Alimentos, empresa especializada no segmento pet, preparou um guia com as peculiaridades de cada raça para orientar os tutores. "Amor e carinho são os principais ingredientes para essa relação. Mantenha seu cão seguro e respeite seus limites para que ele cresça saudável e feliz", orienta Esther.
Cada raça, uma personalidade
Dálmata, Chow Chow, Akita e Samoieda - Gostam de ter seu momento sozinhos. Podem até sair e fazer longas caminhadas, mas não são os mais serelepes. Evite esforços exagerados em dias quentes e cuide bem de suas pelagens.
Boxer, Pastor Alemão, Pit Bull e Rottweiler - São muito atentos aos sons. Um bom adestrador pode ajudá-los a controlar os latidos por causa da sensibilidade ao barulho. São companheiros e necessitam de caminhadas longas e brincadeiras para manter a saúde óssea.
Mastiff, São Bernardo e Dog Alemão - Se adaptam facilmente a rotina do dono, mas não precisam de muitos exercícios por serem preguiçosos. Amabilidade e tranquilidade são as principis características. O excesso de exercícios pode acarretar efeitos contrários sobre o desenvolvimento ósseo, muscular e articulações. Precisam ser adestrados para urinar e defecar sempre no jornal ou nos tapetes higiênicos, pois o volume é grande, o que pode gerar problemas para quem mora em apartamento. O ideal é que o passeio aconteça pelo menos três vezes ao dia para que realizem suas necessidades.
Labrador, Golden Retriever, Border Collie, Galgo, Bull Terrier e Beagle - São pets de fácil convivo, mas possuem uma personalidade mais agitada e são ansiosos por natureza. Passeios e brincadeiras de corridas fazem a alegria desses pets. Incluir exercícios na agenda desses animais, pois precisam gastar energia ou ficarão frustrados. A higienização da pelagem merece atenção redobrada com essas raças, pois a perda de pelos é maior.
Pug, Lhasa Apso, Shih Tzu, Cocker, Fox Paulistinha, Dachshund, Bichon Frise, BulDogue Francês e BulDogue Inglês - São cães adaptados ao apartamento. Uma caminhada leve é o suficiente. São cães brincalhões e podem ficar sozinhos por mais tempo. O Lhasa Apso e o Shih Tzu latem muito pouco, mas o Dachshund, o Spitz e o chihuahua latem bastante.,
Bichon Maltês - É uma ótima opção para quem mora em apartamento e para os alérgicos, pois quase não solta pelos. As raças que não lidam bem com a solidão são Spitz, Chihuahua, Pischer, Yorkshire, Maltes e Poodle, pois são muito apegados ao tutor. A dica é levar aos Day Care ou creches de cães.
Fonte: Esther Reinheimer