OK
Close

Quinta do Olivardo

Clube Gourmet

Texto | Claudete Campos Fotos | Divulgação | 21/04/2017-18:46:30 Atualizado em 21/04/2017-20:14:32

É uma casa portuguesa, com certeza. É o Quinta do Olivardo, o primeiro restaurante português da Rota do Vinho, em São Roque (SP), especializado na culinária da terra de Cabral. O bacalhau é o carro chefe da casa. É expert no cardápio lusitano com receitas como Bacalhau à Gomes de Sá, à Lagareiro, à Moda da Casa e à Zé do Pipo.
Este espaço é considerado referência em gastronomia portuguesa. Seus pratos são premiados, como a espetada madeirense, que foi finalista do Festival Gastronômico Sabor São Paulo, organizado pelo Senac, governo do Estado de São Paulo e Revista Prazeres da Mesa. Todos os pratos são preparados com ingredientes selecionados. Nos pratos de origem portuguesa, são usados ingredientes lusitanos, trazidos ao Brasil por importadoras especializadas.
Turistas de quatro cantos do País vão visitar o espaço apenas para conferir o famoso bolinho de bacalhau, que surpreende pelo sabor e aroma. Uma das sete maravilhas da culinária portuguesa, o Leitão à Bairrada também está no cardápio da casa. É preparado com leitão de no máximo 10Kg, temperado com antecedência com ervas e especiarias e assado de forma artesanal em forno a lenha por três horas. O resultado: o leitão, acompanhado de molho especial - receita secreta da família -, chega à mesa bem sequinho e crocante e é servido com arroz com brócolis, batata chips e salada verde.
Olivardo Saqui, proprietário da marca, informou que aos visitantes que preferem carne bovina resgatou uma das receitas mais tradicionais da cozinha lusitana, a Espetada Madeirense, prato típico da Ilha da Madeira. "Pedaços de contrafilé são transpostos por um espeto desenvolvido com o cabo do louro, o que confere um sabor inigualável e característico à iguaria, assada e servida acompanhada de "milho frito", um bolinho preparado com farinha de milho", resumiu.
O ideal é visitar o espaço sem pressa. Mas quem está de passagem e quer uma refeição rápida pode optar pelo menu mais enxuto. E experimentar bolinho de bacalhau, pastel de bacalhau, iscas de bacalhau e o inusitado Prego do Pão. É um lanche, feito com pão francês, cebola, queijos, alface e tomate, além da carne grelhada, que recebe combinação de temperos com toques lusitanos. Os antepassados portugueses descobriram um jeito de amaciar essa carne. Usavam martelos para bater na carne, até mesmo para penetrar o tempero. E essa tradição é mantida no lanche.
DOCES
A tradição também é seguida na mesa de sobremesas. Doces típicos lusitanos como pastel de Belém, pastel de Santa Clara, pastel de Coimbra, Rabanada com calda de vinho do porto e sorvetes estão entre as delícias do cardápio.
OPÇÕES
Para agradar a todos os gostos, o empresário também investiu em cardápios tradicionais, como parmegianas, salmão, opções vegetarianas, carnes grelhadas, entre outras que agradam a todos os tipos de paladares.
RECEITAS
Confirmando a generosidade do povo português, os proprietários compartilharam as receitas de família com os leitores do Clube Gourmet.
Reduto português
Olivardo Saqui é o proprietário da Quinta do Olivardo. É casado com a descendente de portugueses Cintia Campos. O restaurante nasceu do sonho do proprietário de preservar a tradição de produzir vinhos artesanais e difundir a culinária portuguesa.
Ao ser demitido do seu emprego, em 2007, Olivardo investiu na sua própria vinícola. Vendeu os únicos bens da família - um carro popular e uma casa - para comprar o sítio Abaçaí, em São Roque, onde começou a plantar os primeiros pés de uva. A fama se espalhou e os visitantes começaram a pedir aperitivos para degustar com os vinhos.
Então, Cintia começou a cozinhar as receitas tradicionais da família, como o bolinho de bacalhau. "Como eu sou apaixonado pela cultura lusitana, pedi para minha esposa, junto com a minha sogra, assumir a cozinha e assim criamos a Quinta do Olivardo", resumiu o empresário.
Passados dez anos, atualmente conta com estrutura com adega, tasca (uma espécie de taberna onde serve vinho e comida) e com circuito de aventura incluído na Rota do Vinho, com tirolesa, parede de escalada e arvorismo, além do restaurante.
Uma tasca na serra
A Quinta do Olivardo parece uma tasca, muito comum no interior de Portugal, por ficar em uma região com clima serrano e por causa de sua arquitetura rústica.
A decoração da casa é inspirada em uma típica casa portuguesa no século passado, com elementos clássicos da decoração portuguesa, sem deixar de lado a rusticidade e a natureza presentes em uma propriedade rural.
O turista pode viajar no tempo, ao entrar em contato com objetos e artigos que o transportam para a Ilha da Madeira, em Portugal. Periodicamente promove festas portuguesas, como pisa da uva, festa de São Martinho, festival de sardinhas na brasa, entre outras. Nessas ocasiões, grupo folclórico português, com roupas típicas de colonos do início do século passado, faz apresentações de músicas e danças típicas.
Bacalhau à Lagareiro
INGREDIENTES
700g de bacalhau em posta dessalgado
200g de batata bolinha com casca
2 cebolas grandes cortadas em cubos e refogadas
Salsa a gosto
Azeite a gosto
Sal grosso a gosto
1 cabeça de alho
pimentão vermelho refogado
MODO DE PREPARO
Coloque a posta do bacalhau dessalgado, regada com azeite na grelha, junto com as batatas temperadas no sal grosso, e leve para a brasa e asse por volta de 20 minutos. Para a montagem do prato, acomode a posta de bacalhau ao lado das batatas levemente pressionadas com a mão (aos murros), por cima das batatas adicione a cebola em cubos. Regue o prato com azeite e coloque o pimentão laminado. Salpique salsa a gosto.
Espetada Madeirense
INGREDIENTES
1kg de contra-filé grill em cubos
1 cabeça de alho amassada com casca
3 folhas de louro rasgadas
sal grosso q. b. (quanto basta)
1 galho de louro
MODO DE PREPARO
Tempere a carne com o alho, as folhas de louro e o sal grosso, apertando bem o tempero sobre a carne para pegar bem o sabor. Espete a carne com a gordura (flor) toda voltada para o mesmo lado em um espeto feito de galho e leve para assar em churrasqueira, virando sempre.
Sardinha na brasa da Quinta do Olivardo
INGREDIENTES
1kg de sardinhas frescas
Sal grosso a gosto
Fatias de pão português
Azeite a gosto
Pimentão vermelho fatiado para acompanhar
Batatas bolinha para acompanhar
MODO DE PREPARO
Para manter maciez e o sabor da carne, não corte os peixes, mantendo os miúdos. Tempere com sal grosso e coloque-os lado a lado na grelha, com as fatias de pimentões por cima dos peixes.
Coloque as batatas pré-cozidas na grelha, temperadas com sal grosso, ao lado dos peixes, para que o sabor da carne passe para as batatas. Leve a grelha ao fogo, por 10 minutos, virando sempre.
Para servir, coloque as sardinhas sobre as fatias de pão e regue com azeite a gosto.
TOME NOTA
Adega e Restaurante Quinta do Olivardo | Endereço: Km 4 da Estrada do Vinho, em São Roque (SP), com acesso pelo km 58,5 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270) | As reservas de mesas podem ser feitas pelos telefones: (11) 4711-1100 e 4711-1923.

Leia Mais