OK
Close

Corte de árvore gera reclamação

Cidades

GUILHERME MAZIEIRO AMERICANA | 20/03/2017-22:47:31 Atualizado em 20/03/2017-22:47:21

A Prefeitura de Americana cortou uma árvore da espécie Ficus, na Avenida de Cillo, nas proximidades do número 1.855, na manhã de ontem. Moradores se revoltaram com o corte da planta.
Uma professora de inglês que vive na região e pediu sigilo reclamou da medida da prefeitura. "Ouvimos dizer que o pedido que motivou o corte foi de um comerciante da região. Ele reclama que as folhas sujavam seu estabelecimento e não queria a arvora. Acontece que ela está ali há uns 15 anos, fazia sombra, embelezava e ninguém, além dele, reclamava", afirmou a professora de 43 anos.
"Tratava-se de uma árvore que é imprópria para áreas urbanas e coloca em risco pedestres, carros e imóveis. Uma nova árvore será plantada no lugar da que foi erradicada, em breve", informou a assessoria de imprensa da prefeitura, em nota, sem detalhar o replantio.
A prefeitura confirmou que havia um pedido para retirada da árvore, mas não deu detalhes sobre o motivo. A administração relatou que não há mais árvores para serem retiradas naquele local.
OUTRO CASO
Em 15 de fevereiro, a remoção de quatro árvores condenadas da Rua Emílio Leão Brambila, em Americana, causou revolta de internautas. Moradores da região, próxima à Fidam (Feira Industrial de Americana), que pediram para prefeitura cortar as árvores reclamavam dos problemas causados, principalmente, quando há vendavais e chuvas.