OK
Close

Oficinas abordam arte e cultura indígena

TODODIA Express

08/03/2017-23:10:57 Atualizado em 09/03/2017-23:20:17
Divulgação
OFICINA | Obras produzidas por alunos serão expostas ao final do curso, que vai até o dia 3 de junho

As oficinas do projeto "O Grafismo e a Arte Marajoara" começam neste sábado (11) e vão até o dia 3 de junho em Cosmópolis. Os encontros acontecem sempre aos sábados, a partir das 9h. Ainda há vagas em aberto.
Segundo informações da prefeitura, o projeto vai apresentar ao público o acervo gráfico deixado pelos índios da tribo Marajoara, etnia que foi extinta antes mesmo da chegada dos portugueses ao Brasil, por volta do ano 1.350.
"As oficinas destacam o conhecimento gerado pelas sociedades amazônicas que não foi registrado em livros e teria sido perdido não fosse a cerâmica Marajoara. Esta arte é um dos poucos registros de uma cultura vibrante e original, que em sua precocidade e complexidade caracterizou uma das mais importantes sociedades pré-colombianas", disse a prefeitura, em nota.
O curso também mostrará as possibilidades do trabalho com grafismo Marajoara. Ao final da oficina, as obras produzidas pelos alunos serão apresentadas ao público em geral em uma exposição, onde haverá entrega de certificados e uma roda de conversa com os alunos comentando sobre as experiências com o grafismo e a arte em pauta durante a oficina.
As inscrições devem ser realizadas entrando em contato com a Secretaria de Cultura de Cosmópolis pelo telefone 3812-3101. "O Grafismo e a Arte Marajoara" é uma realização do Governo do Estado do Estado de São Paulo com recursos do Proac (Programa de Ação Cultural), patrocínio da Honda e apoio da secretaria de Cultura de Cosmópolis.
| ANDRÉ ROSSI