OK
Close

Tudo girando

TodaGente

Texto | Claudete Campos Fotos | Divulgação | 11/03/2017-20:14:17 Atualizado em 11/03/2017-20:14:12

As mulheres são suscetíveis a ter tonturas. Isso por causa de fatores hormonais e de doenças diversas. Aproveitando o mês de comemorações ao Dia das Mulheres, uma médica faz um alerta sobre as causas desse problema, que é muito frequente no sexo feminino.
A otorrinolaringologista e Otoneurologista Jeanne Oiticica, do Grupo de Pesquisa em Zumbido do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, alerta que as tonturas podem ser desencadeadas por fatores hormonais, como a TPM (tensão pré-menstrual) e o climatério. Este é aquela fase entre o período reprodutivo e o não reprodutivo, por causa da redução dos hormônios sexuais produzidos pelos ovários.
A médica defende investigação desse problema. "O sintoma é comum nas mulheres, nas mais diversas fases de oscilação hormonal ao longo da vida, mas sempre deve ser investigada. Pode ser uma coisa simples e de fácil resolução. Quanto mais cedo se procura ajuda maiores as chances de recuperação rápida e menor será a probabilidade de sequelas, do problema se tornar crônico, persistente e duradouro", orienta a médica.
Causas das tonturas
Enxaqueca
Diabetes
Doenças da tireoide
Colesterol alto
Infecções de ouvido ou do nervo do labirinto
Osteoporose
Abusos alimentares (café, doces, jejum, álcool, refrigerantes, condimentos e corantes, drogas ilícitas)
Uso de medicamentos tóxicos ao labirinto
Trauma
Arritmia
Doenças do coração
Tumores
Dor miofascial
AVC (acidente vascular cerebral)
Hábitos que ajudam a prevenir
Alimentação saudável
Não fumar
Não beber
Fazer atividade física regularmente
Boa higiene do sono (ler e ouvir música antes de dormir)
Ingerir bastante água
Evitar vícios posturais
Não usar medicamentos sem prescrição médica
Não fazer jejum prolongado
Evitar alimentos industrializados que contém excesso de sal, açúcar, gorduras trans e carboidratos de rápida absorção
Fazer check-up regularmente