OK
Close

Felicidade e produtividade combinam

Especiais

claudete campos região | 18/03/2017-18:35:03 Atualizado em 18/03/2017-18:34:36

Felicidade e mundo corporativo combinam? Para a psicóloga Tarsia Gonzalez, sim. Presidente do Conselho de Administração de Transpes e com especialização em gestão de pessoas, governança e estratégias, Tarsia diz que pessoas felizes e positivas podem elevar o astral nos ambientes de trabalho e são consideradas patrimônio da empresa. Mas os colaboradores que esbanjam animação devem tomar cuidado para não atrapalhar a produtividade. Equilíbrio é a palavra-chave.
Esta é mais uma mudança no meio corporativo. Não faz muito tempo, trabalho duro, produtividade e resultados passavam longe de um ambiente alegre. Nos tempos modernos, os gestores notaram que as pessoas felizes produzem mais. E a felicidade é um estado de espírito que varia de acordo com cada pessoa e com os momentos do dia.
"Ninguém é alegre e vive este estado 24 horas por dia, todos os dias do ano. Temos momentos alegres, mas que são cíclicos, na vida de qualquer ser humano, e caso esse estado "alegre" seja constante, pode até ser uma patologia. Entretanto, se soubermos dosar momentos alegres e momentos considerados comuns, nos tornaremos pessoas felizes. E felicidade, ao meu ver, nos torna mais ativos e produtivos".
Pela experiência de Tarsia, pessoas com "alto astral" deixam o ambiente corporativo mais descontraído. "O profissional alegre, normalmente, tem a capacidade de perceber os problemas de uma forma mais saudável, com uma capacidade maior de enxergar soluções e resolver problemas", destaca a profissional.
Existe uma diferença entre o otimista e o pessimista. "Enquanto o pessimista acredita que o mundo vai acabar, a pessoa alegre acredita que aquele desafio é apenas um momento, que vai passar e nos trazer conhecimento e experiência. Foi-se o tempo em que os gestores queriam pessoas "sérias" o tempo todo, focadas apenas no resultado final de suas atividades. Hoje, vivemos uma época em que ter colaboradores felizes é um dos ativos da empresa, que, além de conquistar resultados, também conquista as pessoas", explica a profissional.